Postado por: Myrna Ariel

A série Anne With an E tornou-se um marco por trazer em sua história discussões sobre assuntos sociais, desde a discriminação por gênero até racismo, ou censura. A produção da CBC e Netflix possui um roteiro bastante trabalhado, capaz de desenvolver temas importantes que se entrelaçam a narrativa cativante.

Parte do sucesso que a série possui devesse a forma como o perfil de cada personagem foi criado e trabalhado, principalmente o da protagonista, Anne. A jovem possui um olhar diferente sobre o mundo e um pensamento a frente do seu tempo, o que a faz a todo o momento se questionar se as coisas a sua volta realmente estão funcionando de maneira justa. Essa visão abre portas para discussões importantes, a final a série se passa em meados de 1890, época em que a sociedade possuía um pensamento crítico sobre o que era certo ou errado.

Durante suas três temporadas, a série Anne With an E trouxe em seus capítulos diversos momentos de reflexão. Graças a personagens inseridos ao longo da história tivemos vários temas abordados que valem a pena serem discutidos, por isso separamos cinco deles para serem relembrados:

Preconceito por gênero

Desde o primeiro capítulo fica claro a visão da Anne sobre as pessoas acharem que as mulheres não são capazes de fazer o que os homens fazem. O preconceito por gênero é um assunto que se estende por toda a série, onde mostra como a sociedade de Avonlea enxerga as mulheres como algo inferior.

Quando Anne chega mostrando tudo do que ela é capaz, acaba incomodando aqueles que acham que o seu dever em sociedade é servir ao seu futuro marido, sendo educada desde jovem para isso. Muitas personagens aparecem no decorrer da história causando um desconforto na cidade. Como é o caso da tia Josephine Barry, que já em uma idade avançada é uma mulher independente e com um histórico de vida surpreendente. Temos também a Srta. Stacy, uma professora com a mente no futuro, que ensina aos seus alunos o pensar científico, e não se importa com os cochichos e comentários dos outros quando ela usa calças e sai por ai andando em uma bicicleta motorizada.

A série mostra o quanto pessoas assim são importantes para a mudança da imagem feminina em sociedade, e o quanto essa luta pode ser difícil. Assim como mostra que este pensamento arcaico não esta apenas na mente dos homens, mas também na de algumas mulheres que desde sempre escutaram qual deve ser o seu comportamento, e acabaram presas a um papel idealizado por outros. Anne With an E traz a figura da mulher como algo esplêndido, onde sua capacidade deve ser apreciada, assim como sua delicadeza e força.

Censura
“Liberdade de expressão é um direito humano”

Quando vozes começam a ecoar pela cidade, dizendo palavras que os líderes não concordam, a forma que eles encontram para deter esse pensamento é com a censura. A série traz esse tema em um episódio emocionante, fazendo uma união entre os direitos das mulheres e o questionamento se o tratamento diferenciado por gênero é realmente justo.

A censura foi um reflexo de toda a evolução de uma parte dos moradores de Avonlea, onde aqueles que ainda estavam presos em um pensamento do passado procuraram conter aquilo que eles consideraram uma falta de respeito. O tema traz a tona vários momentos históricos da vida real, onde diversas vozes foram caladas e suas lutas sufocadas, apesar da série retratar isso no ano de 1899 esse é um tema que discutimos até hoje.

Preconceito racial

O racismo é um dos temas inseridos na história a partir da segunda temporada através do personagem Sebastian, ou Bash. A produção buscou mostrar para o público diversos tópicos envolvendo o assunto, como por exemplo: a visão que a população mais bem sucedida tinha sobre os negros, ou como existia a separação entre o lugar do branco e o lugar do negro. A narrativa carrega vários aspectos históricos que precisam ser relembrados, a presença de nativos indígenas nas terras de Avonlea proporcionou momentos de reflexão sobre como esse povo foi tratado durante anos, tendo suas culturas desrespeitadas e moradias destruídas. A série Anne With an E traz esses temas de forma clara, e o desenrolar dos acontecimentos que envolvem essas discussões favorecem o amadurecimento dos personagens envolvidos.

LGBTQ+

A série busca mostrar pessoas que possuem diferenças entre si, e que são essas singularidades que devem ser enaltecidas e apreciadas, pois é o que tornar cada ser único. Anne With an E traz personagens lgbtq+ para a trama, revelando todos os problemas que precisam enfrentar em uma sociedade onde ser diferente é considerado ruim. O tema é tratado de forma bem aberta, mostrando desde um personagem que já assumiu sua sexualidade para todos, até aquele que por medo da reação dos outros prefere seguir o que é caracterizado como o certo.

O poder da imaginação

Não existem dúvidas quanto ao grande alcance para imaginação que a Anne possui. Apesar de ter uma história de vida um tanto complicada, a garotinha sempre tentou se manter positiva, e para isso a sua imaginação foi de grande ajuda. A série mostra o quanto é importante pensar em diversas outras possibilidades e permitir que a mente possa voar livremente, e ao fazer isso o mundo passa a ser visto com outros olhos.

A série traz muitos outros temas ao longo da sua história, permitindo que o público aprenda juntamente com os personagens. Anne With an E conta a história da órfã Anne Shirley, que acaba parando por engano na casa de dois irmãos Matthew e Marilla. Com um pensamento a frente do seu tempo, a ruivinha vai mudar completamente a vida dos moradores da cidade enquanto tenta fazer de Green Gables o seu lar.

Infelizmente após a terceira temporada a série foi cancelada pela CBC e Netflix, atualmente mesmo com as reivindicações dos fãs por uma renovação, a série continua cancelada. Mas as aventuras da Anne ainda podem ser acompanhadas através dos livros da Lucy Montgomery, lançados em 1908 e que serviram de inspiração para a produção. Aqui no Brasil a Editora Coerência lançou recentemente uma edição do primeiro volume, Anne de Green Gables, feita especialmente para os fãs e que pode ser conferida clicando aqui. As vendas estão acontecendo pelo site da editora, e os preparativos para o lançamento do segundo livro, Anne de Avonlea, estão a todo vapor.

Clique aqui para saber mais sobre Ane With an E

Desencaixados - 2020 | Alguns direitos reservados