Postado por: Victor Tadeu

Título: Não Fuja, Coruja!
Autora: Debby Vieira
Editora: Skull
Gênero: Infanto-juvenil
Número de páginas: 20
Onde adquirir: Amazon
Sinopse: Uma corujinha nasceu na floresta, que alegria para os animais.Mas como ela é diferente, alguns não aceitaram bem.
Tudo isso porque ela é ???
Venha conhecer o que torna essa coruja tão especial?

Ser diferente é um problema muito grande na sociedade, principalmente quando se é criança, época que você sofre sem ter muitos mecanismos de defesas. Alguns escritores adultos afirmam que escrevem para os pequenos aprenderem se defender de pessoas maldosas, como o rapper Emicida no seu livro Amoras. Por outro lado, existem crianças que escrevem para crianças e esse é o caso de Debby Vieira, com o seu primeiro livro chamado Não Fuja, Coruja!.

Na trama acompanhamos uma coruja que nasceu diferente de todas as outras, infelizmente ela acaba sendo alvo de comentários ofensivos desde o nascimento e isso é reproduzido fortemente ao longo dos seus dias.

Não Fuja, Coruja!, escrito por Debby Vieira, foi publicado em novembro de 2019 pela Editora Skull. Esta é uma obra infanto-juvenil que pode ser de bastante importância para a formação de crianças e adolescentes.

Desde o início é necessário ressaltar que a escritora é uma criança de apenas 11 anos, infelizmente ela foi atacada em sua conta do Instagram por uma pessoa LGBTQIA+fóbica, consequentemente reforçando a importância de obras como essa para a desconstrução de intolerantes que encontram maldade até mesmo na inocência.

O maior e único assunto discutido em Não Fuja, Coruja! é o preconceito enraizado na nossa sociedade, nesse caso desenvolvido através de um padrão que rotula e separa aquilo que é de menino e de menina. Mesmo utilizando um universo na perspectiva de animais, a autora explora rapidamente questões incríveis que trazem alusões à nossa realidade, como o preconceito, o bullying em ambiente escolar, a magnitude do amor de mãe e a autoaceitação.

Infelizmente existem pessoas que reproduzem o preconceito por pura inocência, muitas das vezes sendo crianças. E a autora traz uma passagem muito interessante em sua obra, sendo ela quando a coruja vai pela primeira vez na escola e sofre bullying pelos outros estudantes, é nítido como todos os outros animais reproduziram aquilo que ouviram dos pais, assim reforçando ainda mais o cuidado que os responsáveis precisam se atentar ao educar seus filhos.

A escrita de Debby Vieira é bastante delicada e objetiva, ela utiliza poucas descrições do que está acontecendo, mas consegue entregar a mensagem. Inclusive o motivo que leva a coruja ser diferente das outras é uma discussão presente na realidade do público-alvo, automaticamente demonstrando como ela tem conhecimento daquilo que está narrando.

A Editora Skull realizou um trabalho incrível com o desenvolvimento da obra, eles utilizaram elementos chamativos e aconchegantes para os pequenos. Além disso, as ilustrações presentes nas páginas foram feitas por Ricardo Chagas e elas são incrivelmente importantes para teleportar o leitor ao universo animado proposto pela autora, sem falar dos traços hipnotizantes do ilustrador.

Não Fuja, Coruja! é uma obra exclusivamente para o desenvolvimento infantil, na qual contém a missão de ensinar as crianças compreenderem que existem outras pessoas diferentes e que isso não é um problema, sendo esse pequeno a pessoa diferente ou não.

LEIA TAMBÉM:

RESENHA: A Batalha do Acampamonstro
RESENHA: Miga, Sua Louca!
RESENHA: O Diário de Erasmo
Em menos de 24 horas duas crianças que falam sobre livro foram atacadas no Instagram

Desencaixados - 2020 | Alguns direitos reservados