Siga nossas redes sociais

Notícia

“Um Amor (Quase) Perfeito” é vencedor do Coerência Choice Awards 2020 em Melhor Hot

Lucy Santos se destaca na bancada da premiação e vence na categoria Melhor Hot

Publicado

em

Neste último sábado (19), foi realizado o Coerência Choice Awards 2020, uma premiação literária que o Grupo Editorial Coerência realiza para premiar os títulos e escritores que se destacaram no ano. O livro Um Amor (Quase) Perfeito, escrito por Lucy Santos, foi o vencedor da categoria Melhor Hot, a obra estava concorrendo ao lado de King e Cowgirl.

No livro acompanhamos a vida de Verônica, uma mulher bem-sucedida em seu trabalho e que às vezes consegue alguns encontros quentes, mudando após esbarrar com Ricardo, um homem de um charme encantador e cheio de cantadas prontas, capaz de avassalar o coração de qualquer mulher.

Em contato com o Desencaixados a escritora relatou sua reação com a revelação do vencedor e deixou um agradecimento:

“Fiquei tão feliz de ter vencido essa premiação, que tive um minissurto na hora do anúncio. Não imaginava que seria eu, já que estava concorrendo com outras autoras maravilhosas. Quero agradecer ao meu marido, que sempre me apoia nos meus sonhos mais loucos. Ao Grupo Editorial Coerência, por ter apostado na minha história; e à equipe maravilhosa que trabalhou nela. Aos leitores, que votaram muito para que estivéssemos entre os finalistas; e aos jurados, que escolheram ‘Um amor (quase) perfeito’ como melhor romance hot. Gratidão eterna!”

Este não é o primeiro livro publicado por Lucy Santos e a autora revelou ao Desencaixados que pretende lançar outros no futuro.

Clique aqui para saber mais sobre o Coerência Choice Awards 2020.

 

Sobre Um Amor (Quase) Perfeito

A vida de Verônica vai bem. Ela tem amigos, torna-se cada vez mais bem-sucedida em seu trabalho e ainda consegue alguns encontros quentes de vez em quando. Quase nada pode tirar o seu sossego. Quase. Tudo muda na noite em que Ricardo aparece em sua porta, jogando aquele charme barato, cheio de cantadas prontas e abrindo aquele sorriso de lado que a deixa totalmente rendida. Agora, ela tem certeza de que pode perder o controle de sua vida. A fim de evitar esse destino, colocar o cafajeste para fora é a melhor opção, mas Verônica não tem forças. E quem pode culpá-la? Entre noites apimentadas e discussões calorosas, os dois precisarão ser fortes para superar as imperfeições do amor.

Clique aqui para saber mais.

Crédito da foto: John Fellix.

Copyright © 2020 Desencaixados. Todos os direitos reservados.