Siga nossas redes sociais

Entretenimento

RESENHA: Uma Mulher no Escuro

Raphael Montes nos faz questionar em quem confiar, nos introduzindo à uma trama paranoica e intrigante de grudar os olhos nas páginas

Publicado

em

Como sabemos em quem confiar? As pessoas ao nosso redor apenas mostram partes de si mesmos enquanto estão em nossas vidas. A maioria, manipulam o que vemos e o que não vemos de suas personalidades e motivações. A resposta é se distanciar de todos e viver uma vida isolada? Este é o maior dilema do dia-a-dia de Victoria, uma sobrevivente de um trauma de infância que sofre as consequências dos acontecimentos em sua vida adulta. Uma Mulher no Escuro de Raphael Montes nos faz questionar em quem confiar, nos introduzindo à uma trama paranoica e intrigante de grudar os olhos nas páginas.

Uma Mulher no Escuro, Raphael Montes – foto meramente ilustrativa – (Imagem/Mockup)

Assim como em suas outras obras, Raphael Montes concentra seus esforços na construção de personagens e seus relacionamentos, de maneira a aumentar a tensão injetada no mistério do livro. Sua mais nova obra não é diferente, fazendo o leitor se perguntar constantemente em quem acreditar. A vida da protagonista é o resultado do assassinato dos pais e do irmão quando ainda era muito jovem. Depois do evento, nunca mais foi a mesma, se distanciando das pessoas e do mundo. Seus maneirismos infantis são seus trajetos de volta a infância contaminada de seu passado.

Já adulta, Victoria se encontra sendo perseguida pelo possível assassino de sua família, a colocando no centro de uma trama paranoica e instigante. Durante a leitura, Montes introduz elementos e monólogos daquele que segue todos os passos da protagonista, uma informação que apenas o leitor tem, deixando a personagem no escuro a respeito de suas próprias companhias.

Uma Mulher no Escuro, Raphael Montes – foto meramente ilustrativa – (Imagem/Mockup)

Após permitir que algumas pessoas entrem em sua vida, Victoria agora não sabe que um de seus relacionamentos pode ser o fruto de uma manipulação doentia. Essa figura de seu passado cria o mistério entre os três principais suspeitos, algo que deixa o leitor constantemente tenso em relação às companhias da protagonista.

A investigação deste mistério é complementada perfeitamente pela escrita de Raphael Montes que é acessível e vívida. Sua narrativa engaja o leitor que, a cada página recebe mais informações sobre os eventos ocorridos neste passado trágico da personagem. O livro é uma leitura rápida devido a qualidade da história e dinâmica do texto. Com certeza, uma grande adição à literatura nacional contemporânea.


Uma mulher no escuro | Amazon.com.brTítulo: Uma Mulher no Escuro
Autor: Raphael Montes
Editora: Companhia das Letra
Gênero: Suspense
Número de páginas: 256
Onde comprar: Amazon
Sinopse: Um crime brutal cometido há vinte anos, uma única sobrevivente, o retorno calculado do assassino. Em quem Victoria deve confiar? Neste thriller psicológico, Raphael Montes une romance e suspense em uma narrativa intrincada e sedutora.

Victoria Bravo tinha quatro anos quando um homem invadiu sua casa e matou sua família a facadas, pichando seus rostos com tinta preta. Única sobrevivente, ela agora é uma jovem solitária e tímida, com pesadelos frequentes e sérias dificuldades para se relacionar. Seu refúgio é ficar em casa e observar a vida alheia pelas janelas do apartamento onde mora, na Lapa, Rio de Janeiro.
Mas o passado bate à sua porta, e ela não sabe mais em quem pode confiar. Obrigada a enfrentar sua própria tragédia, Victoria embarca em uma jornada de amadurecimento e descoberta que a levará a zonas obscuras, mas também revelará as possibilidades do amor. Um psiquiatra, um amigo feito pela internet e um possível namorado — qual dos três homens está usando tudo o que sabe para aterrorizar a vida de Vic? E o que afinal ele quer com ela?
Na literatura nacional, Raphael Montes é unanimidade quando se trata de livros de suspense. Uma Mulher no Escuro traz sua primeira protagonista feminina e confirma o autor como um dos mais originais da atualidade — além de deixar o leitor intrigado do começo ao fim.

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2020 Desencaixados. Todos os direitos reservados.