Siga nossas redes sociais

Crítica

Critica: Manual de Caça aos Monstros

Publicado

em

O mês de outubro é a época em que ocorre o famoso Halloween, ou Dia das Bruxas, pelo mundo todo. A Netflix não perdeu tempo: o novo filme infantil da plataforma, intitulado Manual de Caça aos Monstros é inspirado nessa temática. Kelly Ferguson (Tamara Smart) é uma adolescente de 16 anos, cheia de medo, pois quando era mais jovem tinha pesadelos horríveis com monstros assustadores.

Então, na noite de Halloween, sua mãe a coloca como babá de Jacob (Ian Ho), filho da sua chefe, fazendo Kelly perder a festa de Halloween do seu crush, o menino mais popular da escola. Mas esse Halloween será diferente: nesse fatídico dia o Bicho Papão (Tom Felton), rei dos pesadelos, sequestra Jacob, fazendo com que Kelly conte com a ajuda de Liz (Oona Lawrence) e a Ordem das Babás, uma organização secreta, para conseguir recuperá-lo e levá-lo para casa até meia-noite, antes que a mãe dele retorne para casa.

Manual de Caça a Monstros | Conheça o filme lançado pela Netflix

A diretora Rachael Talayah (quase não vemos mulheres nessa posição, o que é muito importante para a representatividade) está acostumada com o gênero terror, já tendo dirigido o clássico A Hora do Pesadelo: O Mestre dos Sonhos (1988) e o trash Ghost in the Machine (1993).

O roteiro é básico e superficial, já que a faixa etária do filme é 10 anos. Além disso, eles tentam fazer piadas engraçadas, mas definitivamente não conseguem, pois elas são “bobinhas” demais, o que condiz com o público-alvo.

Voltando para a história de Kelly, como temos poucas protagonistas negras, a protagonista do filme mostra uma representatividade para quem está vendo, dando a oportunidade para crianças negras se sentirem representadas. Além disso, ela também é uma personagem principal que tem força, carisma e que mostra amadurecimento ao decorrer do filme. Além disso, o filme aborda assuntos secundários, como o bullying, a descoberta do primeiro amor e a aceitação, que também são  importantes para o público-alvo.

O bicho papão de Tom Felton, nosso eterno Draco Malfoy, está bem caracterizado, quase irreconhecível. Sua maquiagem lembra o Sirius Black, outro personagem de Harry Potter, porém esse vilão só assusta as crianças, o que funciona, mas o seu papel fica de escanteio: os espectadores vão acabar focando na ação da organização das babás.

Manual de Caça a Monstros': Babás enfrentam criaturas malignas no trailer LEGENDADO do novo filme da Netflix; Confira! – CinePOP

Alguns elementos da história são deixados de lado, como o crush de Kelly, que não tem nenhum aprofundamento, e o desaparecimento do Kevin, irmão da Liz, que apenas é falado, mas não sabemos o que de fato aconteceu.

O Manual de Caça aos Monstros é um filme estilo sessão da tarde, para ver com a família num momento de descontração. Não vão achando que é um baita filme de terror para assistir no Halloween, pois não é. O filme mistura Monstros S.A (2001) com Goosebumps (1984), tem um roteiro básico, mas, para as crianças, funciona.

Logo a seguir veja o trailer: 


Título: Manual de caça aos monstros
Título Original: A Babysitter’s Guide to Monsters
Ano: 2020
Direçao: Rachael Talayah
País: EUA

Sinopse: Kelly é uma adolescente que quando criança tinha medo de monstros assustadores, na noite de Halloween ela perde a festa do menino mais popular da escola para ser baba de Jacob. Nesse dia, Jacob é sequestrado pelo Bicho Papão,  kelly com a ajuda da organização das babas tem que recupera-lo e voltar para casa antes da meia noite.

Copyright © 2020 Desencaixados. Todos os direitos reservados.