Siga nossas redes sociais

Crítica

Crítica: The Mandalorian – 2ª temporada

O futuro de Star Wars nunca pareceu tão bom

Publicado

em

A segunda temporada de The Mandalorian mostra como Jon Favreau é a pessoa certa para comandar a nova franquia de Star Wars (1977). Em meio a uma trilogia que dividiu os fãs por completo e colocou o futuro do mundo criado por Gergoe Lucas em dúvida, Pedro Pascal assumiu o manto de um personagem que marcaria o ano de 2019 ao unir os fãs numa só voz. Mas é claro que nem sempre o raio cai duas vezes no mesmo lugar e muitos se perguntavam se a qualidade se manteria no segundo ano da série.

A resposta é sim. The Mandalorian aprendeu com os erros do passado e entregou uma história cheia de coração, personagens cativantes e com o nível de fanservice certo. Esse último é muito importante, porque o fanservice não pode ser o que sustenta a sua obra. É claro que ele tem que estar presente, não se pode ignorar o que os fãs querem, mas achar o equilibro entre o que a história precisa e o que os fãs querem é o que define uma boa produção. E Jon Favreau e Dave Filoni se mostram mestre nisso. Tudo, até mesmo o fanservice, flui de uma maneira orgânica para o deleite dos espectadores.

Pedro Pascal continua a brilhar como o Mandaloriano e sua relação com o pequeno Grogu – ou se você preferir, Bebê Yoda – chega a um desfecho que vai trazer lágrimas e uma sensação boa, porque você nunca esteve tão ansioso para o futuro dessa franquia e onde as próximas séries e filmes podem te levar.  The Mandalorian continua sendo perfeito

Assista ao trailer:


Título: O Mandaloriano
Título original: The Mandalorian
Ano de lançamento: 2019
Criadores: Jon Favreau
Gênero: Ação
Nacionalidade: Americano

Sinopse: No segundo ano da série, o Mandaloriano precisará enfrentar diversos perigos em sua jornada de levar a criança de volta para aqueles que podem usar a força. O que fará com que os dois enfrentem mais uma vez antigas forças do Império.

Copyright © 2020 Desencaixados. Todos os direitos reservados.