Siga nossas redes sociais

Notícia

COVID-19: Maurizio Ruzzi lança um dos primeiros livros nacionais inspirado na quarentena

Publicado

em

Inspirado no atual cenário de pandemia, o escritor independente Maurizio Ruzzi lançou em setembro seu mais novo livro Quarentena: Contos Isolados, publicado pela Skull Editora. A obra consiste em uma coletânea de contos e é a primeira sobre a pandemia a ser lançada no país. Segundo o autor, a obra não é sobre a quarentena em si, mas por se tratar de contos, é sobre diversos assuntos que envolvem questões humanas da atual realidade, convidando o leitor a fazer a si mesmo perguntas incômodas.

Maurizio Ruzzi (Divulgação/Reprodução)

A pandemia causada pelo novo Coronavírus (Covid-19) já se estende por seis meses desde que foi oficialmente declarada como pandemia pela Organização Mundial de Saúde (OMS) em março, colecionando muitas mortes em vários países. No Brasil, essa estatística é alarmante. O método mais eficaz recomendado pela OMS para evitar a proliferação do vírus é a quarentena, até que uma vacina esteja disponível em escala global.

Logo, com muitas pessoas em quarentena, no Brasil, esse período foi favorável para o crescimento do hábito da leitura e do mercado editorial no geral. Entre meados de maio e junho, o setor livreiro teve seu faturamento de 109 milhões e um crescimento de 31% em relação ao mês anterior, é o que aponta a pesquisa feita pela Nielsen em parceria com o Sindicato Nacional dos Editores de Livros (Snel).

Como uma de suas marcas registradas, Maurizio sempre se utiliza de um fio condutor para as suas histórias, explorando-as por diferentes ângulos, como em Contos do Machado – um machado – e 13 Vítimas da Política Brasileira – as eleições de 2018 -, e em Quarentena não seria diferente.

Copyright © 2020 Desencaixados. Todos os direitos reservados.