Siga nossas redes sociais

Entretenimento

RESENHA: Pedras Trocadas

Vera Carvalho Assumpção faz homenagem para Agatha Christie por meio de uma história irresistível

Publicado

em

Uma manifestação na Avenida Paulista acompanhada de manifestantes quebrando e invadindo estabelecimentos, foi motivo para Regina acionar ajuda na recuperação de três pedras exóticas possivelmente roubadas dentro de seu cofre. O detetive Alyrio Cobra é contratado para o caso, ele atende a mulher em plena madrugada já que ela precisa das pedras para o outro dia, pois a esposa de um político compraria.

Alyrio Cobra têm poucas informações e tempo limitado para ajudar a cliente e nos primeiros momentos de investigação já depara com um corpo morto, desestabilizando todo o plano. O mistério aumenta, mais cabeças aparecem na trama e o detetive precisa solucionar o caso das pedras para que a negociação seja feita com esmero, mas será que ele consegue atender Regina sem se tornar uma vítima?

Pedras Trocas, escrita por Vera Carvalho Assumpção, é uma obra lançada em 2020 pela Luva Editora. Com prefácio escrito por Tito Prates, autor da primeira biografia em língua portuguesa de Agatha Christie, conseguimos entender um pouco sobre a proposta desenvolvida pela autora e toda a sua carreira como escritora, assim adquirindo o conhecimento que Alyrio Cobra é um detetive fixo de suas narrativas, como Hercule Poirot.

Por meio de uma narrativa que cativa desde o primeiro capítulo, a escritora introduz o leitor em um mistério bastante imprevisível e recheado de pontas soltas, permitindo o público alinhar seus próprios raciocínio. Porém, ela também se propõe a mostrar pelo detetive Alyrio Cobra que Regina precisa de pressa para a solução do caso, assim, aumentando a tensão da história sem perder a qualidade da escrita, tornando a leitura uma experiência energética e bastante instigante.

Se engana quem acredita que esta é uma história sobre um detetive charmoso e misterioso, muito pelo contrário. Pedras Trocadas vai muito além ao explorar um enredo que não se limita nos personagens, mas que se amplia por meio do mistério. Vera Carvalho Assumpção, em apenas 99 páginas de história, consegue englobar todos personagens e suas motivações de forma curiosa e funcional, entregando uma investigação que aguça o interesse do leitor ao pensar nos mínimos detalhes.

Esta é uma obra de investigação e, ao mesmo tempo, uma homenagem aos 100 anos de Literatura de Agatha Christie. Vera Carvalho Assumpção trabalha de forma interessante com referências da Rainha do Crime na narrativa desta obra. Maria Estela, a esposa do político fala sobre seu amor pelos romances policiais, e Alyrio Cobra e seu companheiro de serviço George fazem grandes menções a personagens e características marcantes das narrativas de Christie, e essa ideia é bastante interessante por trabalhar na animação de quem é fã da best-seller e por despertar interesse em quem ainda não teve contato com suas obras; uma homenagem verdadeira.




E um ponto bastante curioso de toda a trama, é como o detetive utiliza as redes sociais para obter mais informações sobre as pessoas que envolvem o mistério das pedras. Apesar de diversas leves críticas sociais levantadas na narrativa, esta é uma das que mais marca e coloca o leitor para refletir sobre toda exposição na internet. A ideia é excepcional.

Apesar de o livro ser bastante imprevisível, os personagens misteriosos e que não se entregam tanto aos olhos do narrador, em determinados curtos momentos, colocam o leitor a questionar sobre algumas pontas soltas que infelizmente quase entrega o plot twist da trama, ou pelo menos chega perto de confirmar a ideia daqueles que estão atentos no mistérios e seus desdobramentos. Só que, é válido ressaltar que isso não atrapalha a experiência com a obra, já que a própria autora estabelece uma sequência de acontecimentos que brinca com o foco do público.

Tito Prates fez um trabalho incrível sendo editor desta obra, assim, agregando, junto com a autora, o catálogo da Luva Editora. A capa remete as edições das obras escritas por Agatha Christie e a revisão da Úrsula Antunes está impecável.

Pedras Trocadas é mais uma obra escrita por Vera Carvalho Assumpção ambientada em São Paulo e acompanhada pelo detetive Alyrio Cobra. Por meio de 99 páginas de história, a autora conseguiu entregar uma investigação que instiga até os últimos momentos, fazendo com que o leitor se interesse em embarcar em um próximo caso o mais rápido possível.





Título: Pedras Trocadas
Autora: Vera Carvalho Assumpção
Editora: Luva
Gênero: Thriller
Número de páginas: 104
Onde comprar: Loja Luva Editora
Sinopse: No meio da noite, o detetive Alyrio Cobra é tirado da cama para atender Regina. Ela precisa recuperar três pedras exóticas roubadas do cofre de seu escritório na Avenida Paulista. Ao chegarem na casa de seu sócio em plena madrugada, tentando descobrir algo, encontram seu cadáver. Regina precisa das pedras para entregar à compradora, sua amiga, casada com um importante político.
Tendo investido tudo o que possuía para negociar as pedras, Regina só conta com Alyrio para recuperar seu patrimônio. Numa busca alucinada, com poucas informações, o detetive se depara com traição e assassinato. Será que ele vai conseguir resolver o mistério sem se tornar mais uma das vítimas?




Copyright © 2020 Desencaixados. Todos os direitos reservados.