Siga nossas redes sociais
Capa Minhas Três Primaveras Capa Minhas Três Primaveras

Entretenimento

RESENHA: Minhas Três Primaveras

Por meio desta obra, R. Christiny chega para impactar e conscientizar o público dos perigos que muitas mulheres enfrentam em seus dia-a-dias

Publicado

em

A arte muitas vezes reflete a dura realidade da vida, trazendo à tona tópicos controversos que as vezes precisam de mais foco. A abordagem pode ser de maneira sutil ou extremamente enraizada nos casos de violência absoluta, como por exemplo em Minhas Três Primaveras. A autora R. Christiny encontrou uma maneira de inserir na história situações de tortura física e psicológica introduzindo o leitor na vida de uma mulher que sofre abusos dos muitos homens de sua vida.

Livro Minhas Três Primaveras de R. Christiny

Minhas Três Primaveras, R. Christiny – foto meramente ilustrativa – (Imagem/Mockup)

Seguindo a jornada de Luz em uma trama carregada de pesar e sofrimento, somos apresentado à Enrico, o primeiro a deixar sua marca na protagonista. A partir daí, o livro não dá descanso ao leitor que assiste com olhos assustados enquanto a garota enfrenta uma vida regrada de abusos. Baseado em uma história real, Minhas Três Primaveras chega para impactar e conscientizar o público dos perigos que muitas mulheres enfrentam em seus dia-a-dias.

A escrita carregada introduz o leitor diretamente nesta jornada pela vida de Luz que muitas vezes se encontra em um beco sem saída. O livro consegue abordar muito bem a dificuldade de credibilizar a fala da mulher em oposto aos relatos do homem, o que muitas vezes as levam ao silêncio. O constante abuso sofrido pela protagonista consegue refletir muito bem os diferentes tipos de torturas que envolvem a violência doméstica, não se limitando à agressão física.

Livro Minhas Três Primaveras de R. Christiny

Minhas Três Primaveras, R. Christiny – foto meramente ilustrativa – (Imagem/Mockup)

A desconstrução da personagem é feita gradualmente durante a história que é difícil de engolir. Minhas Três Primaveras deixa um impacto no leitor o que pode fazer a leitura ser lenta devido ao conteúdo pesado. Mas isso não impede que a obra seja conferida por todos aqueles que gostam de ser arrebatados por um bom suspense. Não deixe de conferir!


Título: Minhas Três Primaveras
Autora: R. Christiny
Editora: 3DEA Editora
Gênero: Drama / Suspense e Mistério
Número de páginas: 707
Onde comprar: Amazon

Sinopse:
INSPIRADO EM UMA HISTÓRIA REAL
CONTÉM CENAS FORTES
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
CONTÉM LINGUAJAR INAPROPRIADO
“Alguns sorrisos são muito mais do que simples curvas. Ás vezes eles também podem proferir grandes ameaças.”

Meu nome é Luz, mas há um paradoxo em meu nome, se você observar mais de perto, verá que a minha vida é uma angustiante escuridão. As minhas escolhas não foram as mais sábias e os meus amores foram os mais errados.
Eu sempre acreditei que a morte viria de uma única vez, paralisando o coração e impedindo a respiração. Pensei que a dor fosse súbita e implacável, mas isso é uma terrível mentira. A morte pode dar um golpe fatal ou pode corroer seu corpo e sua mente, te lançando no abismo da loucura antes mesmo que você possa dar seu último suspiro.
Minha vida foi marcada por três primaveras e sei que antes de eu terminar de contar minha história, você já estará se questionando se ela é de fato real e irá querer saber como pude suportar tanta dor por todos esses anos, mas a verdade é que eu não suportei. Eu já estou morta, e foi em 1983 que eu comecei a morrer.

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2020 Desencaixados. Todos os direitos reservados.