Siga nossas redes sociais

Coluna

Avatar: a introdução à nova dimensão

Publicado

em

Com certeza você já teve ter visto criaturas azuis andando por aí (ou não). Esses personagens são do filme Avatar, que se passa no ano de 2154, um futuro muito distante, e é inspirado em um conflito em Pandora, uma das luas de Polifemo, um dos três planetas fictícios onde a narrativa se situa. Em Pandora, os colonizadores humanos e os Na’vi (nativos humanoides – refere-se aos corpos Na-vi híbridos criados por um grupo de cientistas através de engenharia genética, para interagir com os nativos de Pandora) entram em guerra pelos recursos do planeta, e a continuação da existência da  espécie nativa é a premissa na qual o filme se sustenta.

O diretor do filme é ninguém menos que James Cameron, o mesmo de Titanic, que fez sucesso nos anos 1990. O desenvolvimento de Avatar começou a ser trabalhado por ele em 1994, tendo escrito um rascunho de um roteiro com aproximadamente 80 páginas. O filme dos Na’vi seria seu próximo filme, após o sucesso que fez Titanic. No princípio, era para o filme ter começado a ser gravado em 1998 e ter estreado em 1999, mas como nem tudo é do jeito que queremos, não foi possível ser assim porque segundo o próprio Cameron a tecnologia necessária para produzir o filme a partir de sua visão ainda não estava disponível, e isso acabou atrasando-o. A tecnologia que ele queria utilizar começou a ser desenvolvida em 2005 pelo linguista Paul Frommer, fazendo com que ele terminasse o roteiro e o universo de Pandora no início de 2006, para começar as filmagens em 2007 e então a estreia acontecer no dia 10 de dezembro de 2009.

James Cameron – Wikipédia, a enciclopédia livre

A tecnologia da qual estamos falando o tempo todo é o 3-D, que antes era pouco conhecido, fazendo com que apenas poucos filmes pudessem ser adaptados para tal formato. Mas com Avatar foi diferente, ele foi inteiramente gravado na terceira dimensão (ou 3-D), fazendo com que tivesse uma maior profundidade de campo, gerando um resultado em que conseguimos ficar mais perto dos personagens e também dos cenários, trazendo maior emoção para os espectadores. Esse fato foi muito importante para a história do cinema, porque é algo inovador, jamais feito antes.

Sequências de Avatar novamente são adiadas; Avatar 2 só em 2021

No primeiro final de semana de estreia, arrecadou aproximadamente US$232 milhõesa sétima maior arrecadação em um primeiro fim de semana da história do cinema mundial e também a maior para um original, ou seja, um filme que não é adaptação ou sequência. Em um mês de estreia alcançou US$1 bilhão, sendo considerada até 2019 como a maior bilheteria da história do cinema com aproximadamente US$ 2,789 bilhões arrecadados, ultrapassados apenas recentemente por Vingadores: Ultimato. Foi indicado ao Oscar na categoria de Melhor Filme e Melhor Diretor, porém não obteve sucesso, tendo apenas ganhado como: Melhor fotografia, Melhores efeitos visuais e Melhor direção de arte.

Como James Cameron não para nunca, ele já confirmou 2 sequências, transformando-o em uma trilogia, porém temos uma novidade em torno disso: pela primeira vez teremos um filme em 3-D sem a utilização do óculos. James Cameron sempre inova, claro que será um sucesso, aguarde o filme em 17 de Novembro de 2021.

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2020 Desencaixados. Todos os direitos reservados.