Siga nossas redes sociais

Crítica

CRÍTICA: Caçadores de Trolls: A Ascensão dos Titãs

Um final que vai deixar os fãs da franquia mais do que satisfeitos

Publicado

em

O final perfeito para uma das melhores franquias infantis do momento. Não existe palavras melhores para descrever a parceria entre a DreamWorks, Netflix e Guillermo del Toro. Juntos eles deram a vida a uma mitologia e personagens que conseguem bater de frente com Percy Jackson (2005) e até mesmo Harry Potter (1998).

Caçadores de Trolls: A Ascensão dos Titãs é o quarto capítulo da franquia que começou quando o jovem  Jim Lake Jr. (Emile Hirsch) encontrou o amuleto de Merlin e se tornou o primeiro Caçador de Troll humano, o guerreiro que precisava salvar a todos. No entanto, as coisas mudaram e Jim não tem mais os seus poderes. Será que mesmo sem seu precioso amuleto o garoto continua sendo

Essa pergunta de se é a arma que faz o herói ou o não é algo que já foi tratada várias vezes na cultura pop, mas aqui ela não podia se encaixar melhor com a proposta do filme. Os titãs estão se erguendo e o tempo não está a favor protetores de Arcadia. Jim  precisa se provar o mais rápido possível ou as consequência serão catastróficas.

Os roteiristas se esforçaram bastante para levar os personagens a novas situações sem perder por nenhum instante aquela essencial que fazia deles os heróis que conquistaram tantos fãs ao redor do globo. Poucas histórias conseguem trabalhar a jornada do herói de uma maneira tão rica e significativa quanto a equipe por trás desse filme, mas Guillermo del Toro nunca desaponta.

No final, a única coisa ruim sobre Caçadores de Trolls: A Ascensão dos Titãs é que os fãs não verão esses personagens incríveis de novo. Se bem que nunca se pode dizer nunca. Ainda mais com o que o roteirista Marc Guggenheim falou sobre as possibilidades que o final trouxe.

ASSISTA AO TRAILER:


Título: Caçadores de Trolls: A Ascensão dos Titãs
Título original: Trollhunters: Rise of the Titans
Ano de lançamento: 
2021
Direção:
Johane Matte, Francisco Ruiz Velasco e Andrew Schmidt
Roteiro:
Guillermo del Toro,  Marc Guggenheim e Dan and Kevin Hageman
Gênero:
Animação 
Nacionalidade:
Americana

Sinopse: Com a revelação de que Arcadia fica no centro no universo e o lugar onde o mundo será reiniciado, tanto trolls quanto alienígenas, magos e outros aliados precisaram unir força uma última vez para salvar o mundo.

Copyright © 2020 Desencaixados. Todos os direitos reservados.