RESENHA: Para Todos os Garotos que já Amei
21 fev

RESENHA: Para Todos os Garotos que já Amei

Notícias, Resenhas

Amanda Barros

oie_oEMqMcUpIXbP

Título: Para Todos os Garotos que já Amei
Autora: Jenny Han
Editora: Intrínseca
Gênero: Ficção juvenil
Número de páginas: 320

Adquira aqui: AmazonSaraiva

Sinopse: Lara Jean guarda suas cartas de amor em uma caixa azul-petróleo que ganhou da mãe.

Não são cartas que ela recebeu de alguém, mas que ela mesma escreveu. Uma para cada garoto que amou — cinco ao todo. São cartas sinceras, sem joguinhos nem fingimentos, repletas de coisas que Lara Jean não diria a ninguém, confissões de seus sentimentos mais profundos.

Até que um dia essas cartas secretas são misteriosamente enviadas aos destinatários, e de uma hora para outra a vida amorosa de Lara Jean sai do papel e se transforma em algo que ela não pode mais controlar.

Lara Jean é uma garota tímida e medrosa, que encontra nas cartas de amor uma forma de libertar seus sentimentos sem que ninguém saiba, principalmente os destinatários destas cartas.

Tudo muda quando em um dia qualquer, Lara Jean é procurada por Peter Kavinski para falar sobre a carta de amor que ele recebeu, a partir desse momento ela percebe que suas cartas foram enviadas, não se sabe por quem, e que ela tem um grande problema para enfrentar, pois uma delas pertence à Josh Sanderson, namorado da sua irmã mais velha.

Decidida a evitar Josh, a garota resolve fingir um namoro com Peter, assim ele faria ciúmes na sua ex-namorada a fim de que os dois pudessem voltar no futuro. No início, tudo parece muito bem acordado entre Lara e Peter, mas ela não esperava se apaixonar por ele, de novo.

Em um turbilhão de emoções, típico da fase adolescente, a protagonista se vê em uma situação difícil por ter que suportar a ex-namorada ciumenta de Peter, manter seu amor por ele e o relacionamento de mentira dos dois em segredo. Lara Jean parece estar longe de conseguir aguentar tudo isso por muito tempo.

Livro - Para Todos os Garotos que Já Amei 03

“Eu nunca tinha pensado nele antes daquele beijo. Era bonito demais, bajulador demais. Mas, depois que me beijou, eu só consegui pensar nele e em mais nada por meses” (página 70)

O livro Para Todos os Garotos que já Amei, da autora Jenny Han, foi lançado em 2015 pela Editora Intrínseca, é o primeiro da série homônima e se tornou um best-seller com direito à adaptação produzida pela Netflix em 2018. A história gira em torno da adolescente Lara Jean que entra em estado de desespero quando descobre que suas cartas escritas para seus grandes amores foram enviadas pelo correio.

O enredo traz um romance adolescente com direito ao estereótipo do garoto popular e da garota nem tão popular assim, uma fórmula que ainda funciona muito bem no mercado literário. Entretanto, há um diferencial nesta série: uma personagem principal com descendência asiática, esse aspecto traz certa profundidade para a personagem e pode trazer à discussão assuntos não muito abordados em outras histórias, porém o ponto a ser destacado é a representatividade.

Ainda que com muitos clichês, Jenny Han soube inovar em muitos aspectos e tem uma história com poder de identificação muito grande. Vale ressaltar que a amizade e a lealdade das irmãs Song é notável e tem grande destaque no livro, o que dá espaço para desenvolvimento de outros personagens e conflitos, o que permite que a história não seja focada 100% no casal principal.

Livro - Para Todos os Garotos que Já Amei 1

“Nosso contrato ainda não acabou. Por que eu deveria deixá-la tê-lo antes da hora?” (página 274)

Por mais que seja uma boa história, o livro não traz tanto desenvolvimento dos personagens quanto promete no início, Han fez uma aposta arriscada com isso, mas é algo que pode fazer os leitores se sentirem mais motivados a ler a continuação, visto que é possível ver a sutil evolução de Lara Jean, mas não das personagens que a rodeiam.

A Editora Intrínseca é conhecida por ter edições bem diagramadas e com capas convidativas, dessa vez não foi diferente. A capa originada da parceria de Lucy Cummins e Anna Wolf mostra o universo do quarto da protagonista e transparece um pouco da personalidade dela. Um destaque especial para o lettering feito pela Nancy Howell e adaptado pela Ô de Casa que traz uma sutileza especial para a arte da capa.

Para Todos os Garotos que já Amei é um livro para quem adora um bom romance, para rir, se apaixonar, voltar a escrever cartas de amor e sentir saudades.

Comentários