RESENHA: Outros Jeitos de Usar a Boca
04 jun

RESENHA: Outros Jeitos de Usar a Boca

Notícias, Resenhas

Amanda Barros

Título: Outros Jeitos de Usar a Boca
Autora: Rupi Kaur
Editora: Planeta
Gênero: Poemas
Número de páginas: 272
SKOOB

Adquira aqui: Amazon

Sinopse: Outros jeitos de usar a boca é um livro de poemas sobre a sobrevivência, o amor, o sexo, o abuso, o trauma, a perda e a feminilidade. O volume é dividido em quatro partes, e cada uma delas serve a um propósito diferente. Lida com uma dor diferente. Cura uma mágoa diferente. Outros jeitos de usar a boca transporta o leitor por uma jornada pelos momentos mais amargos da vida e encontra uma maneira de tirar delicadeza deles. Publicado inicialmente de forma independente por Rupi Kaur, poeta, artista plástica e performer canadense nascida na índia – e que também assina as ilustrações presentes neste volume –, o livro se tornou o maior fenômeno do gênero nos últimos anos nos Estados Unidos, com mais de 1 milhão de exemplares impressos.

Rupi Kaur  traz para seus leitores o mundo pelos olhos de uma mulher, em seu livro de poesias, Outros Jeitos de Usar a Boca ela retrata situações pelas quais passou e pelas quais mulheres passam todos os dias.

O livro traz de certa maneira a história de muitas mulheres, contando diversas fases da vida, desde a alegria até o sofrimento. A coleção de poemas é dividida em quatro partes, a dor, o amor, a ruptura e a cura que tratam sobre amor, sexo, relacionamento, dentre vários outros assuntos.

IMG_20190604_141805

“ele deveria ser / o primeiro amor masculino da sua vida / você ainda procura por ele / em todo lugar
– pai” (página 24)

O livro Outros Jeitos de Usar a Boca foi escrito por Rupi Kaur e lançado em 2014, depois do grande sucesso, em 2017 foi relançado pela Editora Planeta com uma edição especial capa dura e bilíngue com prefácio exclusivo da autora.

O livro traz, de maneira atemporal, a história e as reflexões de Rupi sobre a vida, amor, rompimento, abuso e família é dividida dessa forma, e é possível se identificar com diversas passagens do livro que são escritas de maneira muito pessoal, porém permitem a aproximação do leitor de sua história e de si mesmo.

A obra mostra um pouco da realidade de milhares de mulheres, mas principalmente das indianas por Kaur ter nascido no país, ela narra a experiência tanto de terceiros, quanto dela mesma, trazendo seus diversos traumas principalmente ligados ao sexo oposto, inclusive a relação conturbada com seu pai.

IMG_20190604_141906

“você pode não ter sido meu primeiro amor \ mas foi o amor que tornou / todos os outros amores / irrelevantes” (página 71)

A escrita de Rupi traz temas muito delicados para o leitor, mas faz isso de maneira magistral e graciosa, por vezes enfática. É nítido o trabalho e o cuidado que a autora tem com seus poemas e é realmente como se ela escrevesse com toda emoção possível, o que faz o leitor lembrar como é se apaixonar, sofrer, sentir saudades e enfim fechar esse ciclo.

A edição da Editora Planeta é linda, com uma capa dura de ótima qualidade e muito bem diagramado. A arte da capa também é feita pela autora e demonstra bem o clima que permeia os poemas do livro, além de contar com uma versão bilíngue nas últimas páginas com trechos selecionados do livro original.

Outros Jeitos de Usar a Boca é um livro sobre pessoas, e sobre como ser mulher é difícil, mas ainda mais sobre as relações humanas e como elas são importantes para a construção da personalidade de cada um. A obra de Rupi Kaur é um marco cultural.

Comentários