RESENHA: A Invenção do Monstro
15 maio

RESENHA: A Invenção do Monstro

Notícias, Resenhas

Victor Tadeu

Título: A Invenção do Monstro
Autor: Fernando Vugman
Editora: Luva
Gênero: Ficção
Número de páginas: 272

Adquira aqui: Luva Store

Sinopse: Os monstros e suas histórias habitam a imaginação humana assombrando a todas as comunidades e culturas ao longo dos tempos. Afinal, por que os monstros assustam? Que sensações nos provocam? Repulsa e medo diante de sua aparência física? Emoções tão intensas e inesperadas, que nos acompanham em nossos pesadelos? Calafrios? Diante de um monstro, como sabemos que o monstro não somos nós?

Os monstros são criaturas que sempre foram introduzidos para nos fazer medo, porém não sabemos a origem de cada um deles, o que torna ainda mais assustador. Só que, apesar de muitos sentirem pavor desses seres, é comprovado que todos foram inventadas e podem ter origens de nós, os humanos.

A Invenção do Monstro é um título que vai responder várias das suas dúvidas, um livro não tão grande que abordará sobre diversas questões que envolvem os monstros e como eles foram integrados na nossa sociedade.

                                      “Diante de um monstro, como que o monstro não somos nós? (página 19)”

A Invenção do Monstro, escrito por Fernando Vugman, é o resultado de quase trinta anos de pesquisa sobre monstros e suas influências sociais. A obra foi publicada pela Luva Editora e pode ser essencial para escritores de terror, horror ou casos sobrenaturais para aprofundar os seus conhecimentos sobre o assunto.

Apesar de ser o resultado de uma pesquisa muito longa e aprofundada, A Invenção do Monstro é um livro com teor acadêmico, mas que não deixa de ser interessante por isso. É comum os amantes por ficção ficar um pouco receosos com essa ideia, mas iniciamos essa resenha afirmando para os fanáticos por terror ler esta obra sem pensar duas vezes, a forma como ela é dividida deixa todo o universo dos monstros muito instigante.

Durante a leitura são introduzidas referências da cultura POP, principalmente do cinema e literatura, onde o escritor consegue trazer várias reflexões extremamente interessantes e importantes. O fato de mencionar esses títulos acaba sendo uma forma de apresentar mais histórias aos leitores, um mecanismo muito funcional.

Provavelmente um dos maiores impactos que A Invenção do Monstro inicialmente levanta é a ideia de explorar o motivo dos monstros terem sido criados e como eles são introduzidos em nossas vidas, assim, variado de cultura para cultura. Felizmente isso é só o começo do que o leitor encontrará nesta obra, pois durante os capítulos somos introduzidos em assuntos incríveis e recheados de conhecimentos envolvendo as criaturas, principalmente apresentando algumas analogias dos monstros aos humanos.

“Mas como não podemos estabelecer limites de forma definitiva e absoluta, sempre percebemos algo de humano nos monstros, e algo de monstruoso em nós mesmo. (página 22)”

Fernando Vugman não contém uma escrita complexa, muito pelo contrário, durante toda a obra ele utiliza um vocabulário de fácil compreensão e quando utiliza alguns termos desconhecidos é responsável o suficiente para explicar no final das partes — a obra é dividida em partes e capítulos. — Com esse combo de uma escrita bem desenvolvida, a leitura acaba tornando engajada desde o início, tornando um título muito viciante.

Um dos mecanismos mais importantes dentro de A Invenção do Monstro é o fato do escritor ter se atentado em como dividir os capítulos, consequentemente organizando a obra de uma forma mais compreensível. Essa ideia é muito fundamental, pois muitos monstros apresentados não é do conhecimento de todo mundo e assim Fernando Vugman consegue introduzir aos poucos esses personagens ao leitor.

O trabalho da Luva Editora não contém muitas novidades nesta obra, mas isso não elimina a menção dos materiais de qualidade presentes na edição física. A capa idealizada por Renata Kuhn é simples e remete uma ilustração da representação de monstros do cinema de algumas décadas atrás. Por outro lado, acredito que se em algumas páginas tivesse ilustrações enriqueceriam ainda mais os conteúdos deste livro.

A Invenção do Monstro é um livro rico em conhecimento, automaticamente tornando bastante agradável e instigante. Apesar de não ser um romance literário, é uma obra que incrementará todos os outros romances envolvendo monstros que você já leu ou lerá. Após a leitura deste título, sua visão de muitos assuntos que envolvem essas criaturas “tenebrosas” serão mais amplas e concretizadas.

Comentários