O Nome da Morte, de Klester Cavalcanti ganha adaptação cinematográfica
20 jul

O Nome da Morte, de Klester Cavalcanti ganha adaptação cinematográfica

Notícias

Victor Tadeu

O mercado cinematográfico está cada vez mais investindo em adaptar histórias de livros, desde o clássico Harry Potter os cinéfilos e leitores estão cada vez mais consumindo filmes e séries que são inspiradas em obras literárias. Na atualidade um dos grandes marco do cinema foi A Culpa é das Estrelas, de John Green que conseguiu inundar diversos cinemas do mundo para os expectadores poderem conhecer no audiovisual os seus tão queridos personagens. Apesar de muitas obras ganhando adaptação serem de autores estrangeiros, os nacionais estão cada vez mais conquistando seus espaços como o caso da autora Ana Beatriz Brandão e agora o escritor Klester Cavalcanti, de Recife.

O Nome da Morte, de Cavalcanti foi publicado pela Editora Planeta e conta a história real de Júlio Santana, um pistoleiro que confessa ter matado 492 pessoas. Tudo é iniciado no interior quando o homem recebe a proposta feito por seu tio de ir para a cidade grande e trabalhar como matador de aluguel, um emprego que de imediato o rapaz sente uma onda de sentimento conspirando à favor e ao mesmo tempo contra. Conseguindo executar o primeiro serviço, Júlio começa investir severamente e nos conta como conseguiu assassinar 492 pessoas. Vencedor do Prêmio Jabuti 2006 e publicado em 13 países, agora a história escrita sem polpar detalhes ganhou uma adaptação cinematográfica.

Apresentado pela primeira vez em 2017 durante um festival, O Nome da Morte chega aos cinemas brasileiros no dia 02 de agosto de 2018. No filme o ator Marco Pigossi assumirá a atuação de pistoleiro carregando o personagem real Júlio Santana, além disso, o elenco conta com a presença de Matheus Nachtergaele, Martha Nowill, Tony Tornado e Augusto Madeira. Goldman está responsável pela direção e roteiro do longa-metragem, ele afirma que fez de tudo para retrata a vida dupla do protagonista, por um lado ele é o marido perfeito, religioso e totalmente carinho para Maria (Fabíula Nascimento), por outro, um pistoleiro, sanguinário e totalmente perigoso.

Assista ao trailer

Comentários