Freak Zone l E o espetáculo continua com Karine Ribeiro, a musa do hospício
16 out

Freak Zone l E o espetáculo continua com Karine Ribeiro, a musa do hospício

Notícias

Victor Tadeu

Seguindo os embalos de Valquíria Vlad, a mulher que coloca a vida em risco na base de navalhas e fogos, seguimos com a próxima atração. As mulheres são destaque do Freak Zone, a dominação aqui é mágica, hipnotizante e, ao mesmo tempo, fascinante.

Senhoras e senhores, apresento a vocês, Karine Ribeiro, a musa do hospício!

Nossa atração, está graduando Letras e trabalha com revisão e leitura crítica. Romancista há dez anos, tem trabalhos publicados em antologias e em plataformas independentes. Organiza a antologia O Infame Clube Vitoriano das Mulheres Livres ao lado de Valquíria Vlad, com quem também trabalha no mais novo lançamento da Editora Wish, o Sweeney Todd, O Barbeiro Demoníaco da Fleet Street. Pertencente ao Penny Blood, gênero percursor das famosas Penny Dreadfuls, Sweeney Todd é um clássico do horror resgatado para sua publicação inédita no Brasil.

SOBRE O RESGATE AOS CLÁSSICOS E O TERROR:

A Wish vem se especializando cada vez mais no resgate de livros inéditos e raros. Começar a nossa linha de títulos raros do terror com Sweeney Todd foi uma grata e assustadora surpresa. Apesar do sucesso do filme e das inúmeras adaptações para o teatro, o texto jamais havia sido publicado no Brasil e nos deparamos com ele por acaso. Nosso país nunca teve a oportunidade de vivenciar, de fato, uma corrente literária do terror gótico. O mais próximo disso que tivemos foi na época do Ultra-Romantismo e, posteriormente, com o Simbolismo, que não chegou a criar fortes raízes no território nacional. Outros movimentos estavam surgindo (Parnasianismo e Naturalismo), e acabaram nublando os escritores que nutriam o movimento na época. Hoje, com a ascensão da literatura fantástica e seus mais diversos desdobramentos, conseguimos enxergar o terror como um gênero que está, finalmente, encontrando seu lugar ao sol e saindo das sombras.


Ação desenvolvida por Raul Dias em parceria com Henrique Morais. Apresentação em formato circense.

Comentários