CRÍTICA – Vingadores: Ultimato
25 abr

CRÍTICA – Vingadores: Ultimato

Filmes, Notícias

Amanda Barros

nullTítulo: Vingadores: Ultimato
Título Original: Avengers: Endgame
Data de lançamento: 25 de abril de 2019
Duração: 3h 2min
Direção: Anthony & Joe Russo
Gênero: Ação, Aventura, Fantasia, Ficção-científica
Nacionalidade: Estados Unidos

Sinopse: Após os eventos devastadores de Vingadores: Guerra Infinita, o Universo entrou em destruição por causa do Estalar de Dedos do Thanos, o Titã Louco. Com a ajuda dos heróis sobreviventes, os Vingadores devem se reunir mais uma vez para desfazer as ações de Thanos e restaurar a ordem do universo de uma vez por todas, não importa quais serão as consequências que os aguardam.

O filme mais esperado do ano estreou hoje (25) nos cinemas brasileiros. Vingadores: Ultimato chega para fechar o arco de 11 anos do MCU após os eventos de Capitã Marvel e pode chegar à maior bilheteria da história do cinema, batendo a marca de Avatar de James Cameron.

O longa traz os acontecimentos após o Estalar de Dedos do grande vilão Thanos (Josh Brolin) que dizimou metade da população do universo, nesse contexto o espectador já verá Capitã Marvel se juntando ao grupo, além do paradeiro de outros heróis que tiveram o destino indefinido no longa anterior, Guerra Infinita.

Avengers-Endgame-Review

Um filme com duração de mais de 3 horas tinha muita história para contar e tinha que ter uma fluidez bem pensada para isso, e foi exatamente o que aconteceu. O trabalho de roteiro foi muito bem elaborado e conseguiu “costurar” dos maiores aos menores detalhes da história, além de finalmente encerrar essa fase do Universo Marvel.

O grande destaque do filme, como já havia sido previsto, vai para os Vingadores originais que têm sua história concluída no Universo Cinematográfico Marvel e abrem espaço para as aventuras de novos heróis. Vale ressaltar que dois dos filmes com menos prestígio por parte do público que são Homem-formiga Homem-formiga e a Vespa são de grande importância para o desenvolvimento da história.

A trilha sonora mistura vários estilos, mas se utiliza principalmente da marcante trilha instrumental já conhecida pelos fãs e é muito influenciada pelo estilo musical de Guardiões da Galáxia, ajudando a trazer leveza para a história que já vem com uma grande carga de responsabilidade.

É importante destacar as atuações brilhantes de Robert Downey Jr. Chris Evans que claramente são os maiores protagonistas da história e também Scarlet Johansson que mostrou um lado da heroína Viúva Negra que o público ainda não conhecia profundamente.

null

Ainda que seja uma história com um teor mais sombrio, a Marvel não deixou sua marca de lado e apostou o alívio cômico, principalmente em ThorScott Lang que garantem boas risadas em meio a momentos tensos e de condições extremas e decisivas. Ainda que o filme tenha tido momentos engraçados, foi possível ouvir o choro de fãs na sala do cinema pelas grandes emoções e momentos históricos que o filme traz.

As sequências de batalha com recursos de computação gráfica são uma verdadeira obra de arte ultrapassando outros filmes do MCU e dando aos espectadores uma experiência única e divertida e com ótima qualidade. O longa ainda foi pensado com muito cuidado desde figurinos à posições de câmera, o que mantém quem está assistindo completamente confortável.

Diferentemente da grande tradição da Marvel, o filme não tem cenas pós-créditos, mas finaliza o filme de maneira satisfatória e o espectador é capaz de compreender momentos não mostrados durante o longa por meio de conversas, por exemplo, mas sem usar o recurso da explicação com exagero.

Vingadores: Ultimato chega para revolucionar os filmes do gênero de herói e dá um desfecho muito mais do que digno para essa fase do MCU. O longa é maravilhoso para os admiradores e um grande presente para os fãs dessa longa saga e abre portas para as próximas fases desse universo. É um desfecho para ninguém botar defeito!

Nossa nota é:

5-1

Assista ao trailer: 

Comentários