Postado por: Victor Tadeu

A representatividade dentro do mercado editorial está crescendo, porém nem sempre atendendo uma representação verdadeira, muitas das vezes cometendo pequenos erros sobre a vida de um LGBTQIA+. Só que, visando o mês do Orgulho LGBTQIA+, a Editora Resistência lançará histórias durante junho com a ideia de representar cada letra dessa sigla carregada de diversidade.

O projeto Todas as Letras do Arco-Íris é uma organização de Maria Freitas, editora-chefe da casa editorial, publicará sete escritores pela Amazon com histórias disponíveis em e-book. Além de editora, Maria também é booktuber e frequentemente demonstra a sua indignação sobre a representatividade dentro da literatura em seu canal do youtube,

Buscando representar as lésbicas, homossexuais, bissexuais, trans, queers, assexuados e outro dessa comunidade, a Editora Resistência seguirá a ordem da sigla e os lançamentos serão realizados conforme os dias vão passando.

A pioneira do projeto é a escritora Marina Feijoó, ela lançará a história O Centro de Todo o Caos, girando em torno de uma jovem lésbicas.

“Ao mesmo tempo em que eu estou animada, estou muito nervosa porque parece muita responsabilidade. É o primeiro contato que algumas pessoas vão ter com o projeto. De qualquer forma, estou feliz com o resultado final e é uma honra que meu primeiríssimo livro esteja dentro dessa temática”, disse.

Outros escritores como Lito Garcia (Alan Silva), Beatriz Lucio, Fabrício Fonseca, Amanda Or (Maria Freitas), Ana Luísa Ricardo, Laís Lacet e Maria Eduarda Duarte também estão integrados no projeto.

Os lançamentos serão anunciados através das redes sociais da Editora Resistência e da editora-chefe Maria Freitas. Todos os livros estarão com preços promocionais, promovendo a diversidade no mercado.

Nem todas as letras da sigla estão presente no projeto, mas nada impede uma extensão.

Desencaixados - 2020 | Alguns direitos reservados