Postado por: Amanda Barros

Título: Tempo de Caça
Título original: 사냥의 시간
Data de lançamento: 23 de abril de 2020 (Netflix)
Duração: 2h 14min
Direção: Yoon Sung Hyun
Gênero: Suspense, Crime, Ação
Nacionalidade: Coreia do Sul
Sinopse: Num futuro próximo, uma crise financeira atingiu a Coreia e surgem favelas. Nessas áreas, em uma cidade sem esperança, Jun Seok, que foi libertado da prisão, planeja uma operação perigosa para uma nova vida com seus amigos, Jang Ho, Ki Hoon e Sang Soo. No entanto, as expectativas para o futuro são de curta duração, e um perseguidor não identificado aparece e começa a caçá-los.

Tempo de Caça é o mais novo lançamento coreano da Netflix, que após enfrentar problemas judiciais finalmente conseguiu ser lançado para outros países, além da Coreia do Sul. A princípio o longa aparenta mostrar apenas o planejamento de um roubo que três amigos, com a ajuda de mais um indivíduo e o espectador tende a pensar que a complicação será na execução dessa ação, inclusive o roteiro usa muito bem esse elemento para brincar com o público.

Diferente do que se pensa à primeira vista, a problemática se encontra após o roubo ter sido executado. Começa uma verdadeira caçada, que faz jus ao título do filme, aos ladrões que tentam a todo custo se livrar de uma ameça que sequer conhecem, porém, são bem preparados na medida do possível para lidar com a situação.

Infelizmente um erro do roteiro é o fato de não desenvolver alguns personagens, pois prefere utilizar muito tempo em perseguições e tiroteios e ter um desenvolvimento um pouco mais superficial de secundários do que realmente se aprofundar nos dilemas deles. Um exemplo disso é o início do filme não explicar bem porquê a Coreia do Sul se encontra na atual situação financeira, se limita apenas a falar sobre a desvalorização da moeda nacional.

Por outro lado, um grande acerto do roteiro é desenvolver os personagens principais, a começar por Joon Suk (Lee Je Hoon) que é claramente o líder dos três e quer a todo custo melhorar de vida, entretanto não faz ideia do que seu país se tornou e mesmo assim insiste nos erros, mas faz isso pensando em melhorar a vida de todos. Já Jang Ho (Ahn Jae Hong) é o mais sentimental e fiel aos desejos de seus amigos, isso se deve ao fato do personagem enxergar a família que não teve em seus companheiros. Por último Ki Hoon (Choi Woo Sik) é o único que tem família e ainda que ame seus amigos, no fundo faz isso para ajudar seus pais, por isso se mostra o mais centrado.

Quanto às atuações é inegável que o trabalho de Lee Je Hoon (Tomorrow With You) foi espetacular, mostrou uma face completamente diferente de mocinho de comédia romântica que o público que o acompanha já conhece e assumiu para si todo o protagonismo possível. É um dos grandes responsáveis pela tensão presente durante todo o filme. Choi Woo Sik (Parasita; Invasão Zumbi) também faz um ótimo trabalho entregando um personagem carismático e de fácil identificação com o público e Ahn Jae Hong (Reply 1988) conquista o espectador sendo por vezes o alívio cômico que se transforma em um grande drama.

Já o grande vilão Han (Park Hae Soo) não deu muita oportunidade ao ator, mesmo assim ele conseguiu fazer um ótimo trabalho com o que lhe foi dado, mesmo com poucas falas, Park Hae Soo (Persona) entrega um vilão debochado, sem escrúpulos e impiedoso. Porém, o roteiro não desenvolve muito bem o personagem e por vezes trata-o como um Exterminador do Futuro, sendo que em nenhum momento isso foi preestabelecido, abusando do recurso da descrença. Esse fato deixou o enredo um pouco mais pobre.

Ainda que haja certas falhas de roteiro, o filme Tempo de Caça cumpre bem seu papel. Tem personagens cativantes, cenas eletrizantes, mantém o clima de tensão e ainda que tenha muitas cenas de ação, não apela para carros explodindo ou soluções mirabolantes. Além disso, o longa tem cuidado com aspectos específicos, como os protagonistas saberem manejar armas por terem servido no exército, o que é um aspecto cultural do país, mas que poderia passar despercebido por quem não tem conhecimento prévio do assunto.

O filme deixa diversas pontas soltas e mercê da imaginação do espectador, fica evidente que os ganchos são para uma possível sequência. Se isso acontecer, um bom desenvolvimento de personagens secundários pode ser uma boa decisão, entretanto, o longa funciona bem como filme solo e nenhuma das questões não resolvidas parecer ter sido colocada de maneira descuidada.

Tempo de Caça é mais um lançamento da Netflix que entra no rol de produções asiáticas com grande potencial que o público precisa conhecer!

Nossa nota é:

Assista ao trailer:

Desencaixados - 2020 | Alguns direitos reservados