Postado por: Amanda Barros

Título: Ombro Amigo
Título original: 致我们暖暖的小时光
Ano de lançamento: 2019 (Netflix e Viki)
Duração: 24 episódios
Criadoras: Dai Qi, Zhao Qian Qian
Gênero: Comédia romântica
Nacionalidade: China
Sinopse: À beira da formatura, uma estudante de contabilidade que busca sua carreira acaba morando com um estudante de física genial que abala sua rotina diária. Situ Mo é uma estudante de graduação. Como alguém que se acostumou a ter a vida toda planejada para ela, está perdendo o futuro e não encontra coragem para tomar uma decisão por si mesma. Como os distritos escolares se fundiram, Gu Weiyi invade sua vida. Eles se chocam repetidamente sem perceber que estão caminhando lentamente no coração um do outro. Para sua surpresa, eles acidentalmente acabam tendo que morar juntos.

Ombro Amigo, na Netflix, acompanha Si Tu Mo (Fair Xing), uma estudante de contabilidade que acaba se mudando para a casa de um gênio da física, Gu Wei Yi (Lin Yi). Momo nutre um grande amor pela publicidade, mesmo que faça um curso completamente diferente dessa área, além disso, ela também é apaixonada por seu melhor amigo Fu Pei (Daddi Tang). O C-Drama Ombro Amigo, entra para o rol de produções asiáticas do catálogo da Netflix como Itaewon Class, Love Alarm, O Rei Eterno, entre outros.

Confira a crítica de Itaewon Class

A história do dorama mostra o desenvolvimento dos personagens principais, e foca principalmente em Gu Wei Yi, na maior parte do tempo, um jovem muito inteligente que nunca se apaixonou, por isso ele não sabe lidar com os próprios sentimentos, em parte por ter uma relação um pouco distante dos pais.

A série mostra também Si Tu Mo em seu período de descoberta sobre si mesma, tanto para com a sua carreira, a qual ela quer mudar por ter entrado apenas para fazer as vontades de sua mãe, quanto em relação aos próprios sentimentos em relação a Fu Pei, pois a personagem percebe que o modo como seu amigo a trata não é saudável e por isso ela deve se desvencilhar dessa situação.

O roteiro também aborda a paixão de Wang Shan (Zheng Ying Chen) por Fu Pei e como a presença dela faz ele querer se tornar alguém mais saudável, pois frente a Si Tu Mo o garoto é um personagem totalmente abusivo, entretanto ele ainda demosntra resquícios problemáticos que parecem se resolver durante a trama. Em certos momentos se torna difícil assistir cenas em que ele está presente sentindo pena de si mesmo, inclusive a grande quantidade desse tipo de conteúdo enfraquece um pouco a história, mas ao final Fu Pei passa de chato a suportável.

Quanto ao casal principal, o desenvolvimento do romance dos dois é fofo e bem água com açúcar, que é a proposta inicial da história. Principalmente em relação a Gu Wei Yi que descobre o amor aos poucos e não tem vergonha de assumi-lo, mesmo que haja muita protelação quanto a isso. Entretanto faz sentido quando se trata de um personagem que nunca tinha experimentado isso antes.

Si Tu Mo tem mais consciência do que está acontecendo consigo mesma, mas prefere não admitir, tampouco percebe coisas que estão mais do que evidentes para ela. Depois de finalmente haver a confissão, muito adiada e que pode cansar o espectador às vezes, Momo em alguns momentos se mostra muito ciumenta sem motivos, mas ainda é muito carismática e divertida contrastando com a personalidade de seu parceiro, bem mais comedido.

A trilha sonora da série tem músicas fofas e românticas que combinam bem com a história, além de serem cativantes são essenciais para ditar o ritmo engraçado e às vezes infantil da história. Outro ponto a ser observado, na maioria das vezes a inocência do casal principal é fofa e engraçada, mas em um momento específico beira o ridículo, entretanto, depois os personagens são tratados com mais seriedade.

Ombro Amigo, traz uma novidade para a Netflix e cumpre o que promete ser, uma comédia romântica fofa e engraçada, às vezes chega perto da infantilidade, mas diverte o espectador e se mostra como um conteúdo leve ótimo para entreter. Algumas vezes peca pelo excesso, seja de cenas desnecessárias de alguns personagens os quais o espectador não se interessa muito, mas traz um final satisfatório, digno de vários suspiros e capaz de quebrar o “fofurômetro”!

Nossa nota é:

Assista ao trailer:

Desencaixados - 2020 | Alguns direitos reservados