RESUMO: Tudo que você precisa lembrar para assistir a 2ª temporada de The OA
19 mar

RESUMO: Tudo que você precisa lembrar para assistir a 2ª temporada de The OA

Coluna, Notícias

Victor Tadeu

Nesta sexta-feira (22) é o lançamento da tão esperada 2a temporada de The OA, uma série distribuída originalmente pela Netflix. A sua primeira temporada foi lançada somente em 2016 e após muitos anos esperando os fãs poderão saber o que aconteceu com a tão enigmática Prairie Johnson, interpretada por Brit Marling.

The OA é dirigido por Zal Batmanglij e Brit Marling, e já foi revelado que a história é grande, podendo render uma média de 5 temporadas (clique aqui para saber mais).

Sabemos que durante esse longo prazo muitas pessoas esqueceram de detalhes importantes ocorrido durante os episódios, por isso escrevemos um resumo de toda a 1a temporada para aqueles que não vão ter tempo e/ou oportunidade de assisti-la novamente.

Antes de iniciar a leitura é válido ressaltar que este é o primeiro resumo do Desencaixados, por isso, deixe um feedbeck no final, para que melhoramos esse tipo de conteúdo. Além disso, se você não assistiu The OA e não deseja receber spoilers, por favor, pare de ler exatamente agora, pois essa coluna é uma mina de spoilers.

 O início de um retorno

Tudo começou quando um vídeo de suicídio começou circular pela internet, nela a desaparecida Prairie Johnson estava pulando de uma ponte, o que assustou muitas pessoas. A menina estava sumida há anos e tinha perdido a visão quando criança, pois enquanto ia para a escola o seu ônibus escolar perdeu o controle e caiu dentro de um rio, onde todos morreram afogados — inclusive ela —, mas acabou tendo uma segunda pela Khatun, um personagem místico que conhecemos melhor com o passar os episódios.

Assistindo ao vídeo pela Youtube, a mãe e o pai adotivo da desaparecida vão até o hospital rever a filha, mas acabam ficando surpresos quando descobrem que Johnson não é mais cega, deixando todas as plataformas de mídias desejados por entrevistas e manchetes, para que ela revela como conseguiu recuperar a visão.

Vivendo entre o desprezo e a preocupação e de seus pais, Prairie tem uma missão que vamos compreendendo durante os episódios, mas para que essa ação seja realizada ela precisa de cinco pessoas, onde desenvolve algumas amizades e através de uma troca de favores consegue recrutar os cinco, eles são Alfonso French, Steve Winchell, Buck Vu, Jesse e Betty Broderick-Allen. Eles são elementos fundamentais e importantes para a menina, e mesmo inicialmente ninguém acreditando em suas teorias, eles vão se apegando na história de Johnson, pois ela conta tudo o que aconteceu durante o seu sumiço, como recuperou a visão e o que ela realmente é.

É válido ressaltar que todos os recrutados carregam alguns problemas pessoais, sociais e/ou financeiros que vão sendo introduzidos para os expectadores conforme a história vai passando, como: Alfonso French é um menino exemplar e precisa sustentar a casa, pois sua mãe é desacreditada de sonhos; Steve é super agressivo e corre risco de entrar em um internato; Buck é um homem transexual que está se conhecendo e muitas das vezes lida com comentários desnecessários; Jesse perdeu a mãe e seu pai lhe abandonou, e, além disso, é viciado em maconha; e Betty, a professora que se disponibilizou em ajudá-los, mas precisa superar uma morte que marcou a sua vida.

A decadência dos cobaias

Durante os episódios vamos aprofundando no passado da jovem, tudo aconteceu quando ela fugiu de casa acreditando que reencontraria seu pai, mas acabou falhando e recebeu o convite de Hap, um cientista, de ir até sua casa para realizar alguns experimentos, pois ele sabia que a garota teve uma experiência pós-morte. Ela aceita e acaba sendo trancada em um porão junto com outras três pessoas, todos passaram pela mesma experiência e o tão obcecado cientista estuda eles para há anos.

Infelizmente a jovem fica presa no porão — aparentemente dentro de uma mina — por uma média de sete anos, onde ela faz amizade com Homer, Rachel e Scott Brown. Eles estão fartos de ficarem naquelas jaulas, frequentemente sendo desmaiados por um gás e comer ração de animal, a forma que eles viviam era decadente, porém Hap sabia que eles conseguiam sobreviver, seus estudos não deixava nada falhar. Mesmo tratando todos de forma igualitária, Prairie era tinha mais privilégios, simplesmente porquê naquela época era cega e não tinha muita força contra o cientista.

Muitas coisas aconteceram com os cobaias, Prairie Johnson tenta dopar Hap ao fazer uma sopa para ele, ela descobre que antes dela havia uma mulher no experimento que faleceu recentemente e que o gás solto fazia-os obedecer os comandos do cientista, eles não desmaiavam. Em determinada circunstância a menina consegue sair de dentro da casa, mas é cega e não sabe para onde fugir, é nesse momento que ela leva uma pancada atrás da cabeça, morre, tem outra experiência pós-morte e volta com visão; ela escondeu isso por muito tempo de Hap.

Porém, o que mais assustou todos eles, é que o obcecado Hap matava-os frequentemente para estudar como funcionava a passagem pós-morte, quando esse experimento é descoberto Homer tenta descobrir formas para fugir daquele lugar, mas sempre falhar. Até que um dia ele vai para Cuba junto com o cientista, a ideia é sequestrar Renata, uma mulher muito conhecida por tocar instrumentos maravilhosamente, mas ela teve experiência pós-morte e Hap sabe disso. Homer seduz a garota e ela é sequestrada. Mas, durante essa ausência do obcecado na mina, os outros cobaias começam a desvendar um mistério surpreendente.

Prairie Johnson consegue ir embora

Prairie Johnson carrega cicatrizes nas costas, no início elas são mencionadas e somente aproximando do final que começamos entender o motivo. Após muitos anos presa, ela começou sentir que conseguiria abrir uma dimensão que retirava-os de dentro do porão, onde seria necessário a realização de alguns movimentos sincronizados e ninguém acreditava nela. Até que um dia Scott é morto brutalmente por Hap, mas acaba sendo salvo por esses movimentos, onde Johnson e Homer realizaram; nesse mesmo momento todos descobrem que os movimentos são necessários e precisam de cinco para abrir a dimensão.

Muitos anos passam, eles treinam esses movimentos, anotam nas paredes de vidro, se cortam em forma de desenhos para cicatrizar os movimentos em seus corpos — uma forma de não esquecer — e estão em busca do quinto movimento, o último que faltava. Mas, certo dia um policial da redondeza descobre o segredo de Hap e o cientista tenta não ser preso e oferecer uma troca para o homem. Sua mulher sofria de ELA e o tão obcecado com experimento pós-morte informou o policial que conseguiria recuperar a saúde da sua esposa, porém ele não poderia prendê-lo caso conseguisse.

A proposta é aceita, Hap pega Prairie Johnson e Homer e eles começam realizar os movimentos, até que a mulher consegue se recuperar e ensina-os o quinto, ela aprendeu há anos quando engoliu uma mariposa. É nessa descoberta que Hap perde o controle mata o policial e sua esposa, pega Prairie e deixa a menina jogada na estrada, ele utilizaria os outros cobaias para abrir a dimensão, pois havia aprendido os movimentos pelas câmeras.

É justamente por isso que Johnson havia recrutado cinco pessoas, ela precisava abrir a dimensão para salvar os seus amigos, principalmente Homer que ela acabou desenvolvendo um afeto maior. E entre as crenças e descrenças todo o quinteto ouve a história da menina, ficam surpresos, aprendem os movimentos, mas são impedidos quando acabam sendo descobertos, consequentemente se afastando da jovem, pois seus pais não queria alimentar aquele contato.

O final para o início de uma nova jornada

Após esse afastamento poucas novidades acontecem, provavelmente a mais chocante é o fato de Alfonso Frech entrar na casa da menina e encontrar alguns livros sobre anjos e pós-morte, mas na hora de ir embora ele depara com o psicólogo de Prairie e acabam conversando vagamente.

Acreditando que OA — forma que alguns chamavam Prairie — tinha inventado toda a história diante dos livros, eles afastaram completamente dela, inclusive os pais adotivo da menina também mudaram de residência, tentando se desapegar do passado massacrante que a vida proporcionou.

Mas, certo dia todos estavam na escola vivendo como antes, até que um homem entra no refeitório e começa disparar contra alguns adolescentes, é nesse exato momento que Steve, Alfonso, Buck, Jesse e Betty realizam os movimentos ensinados por Prairie. Um servente da escola imobiliza o assassino e ele dispara assustado, uma bala acerta a parede de vidro, onde Johnson também estava realizando os movimentos e é atingida com um tiro no peito.

A história basicamente finaliza nesse momento, The OA é levada para o hospital em uma ambulância, o quarteto passou acreditar em sua história e Steve fica desesperado e preocupado com ela. A última cena é com Prairie Johnson acordando dentro de um hospital, tudo indica que os movimentos foram certo e sua missão fora cumprida, mas saberemos isso somente na 2a temporada que lança dia 22 de março de 2019 na Netflix.

Detalhes que você pode ter esquecido:

The OA significa Original Angel (Anjo Original) e Johnson descobre isso através de Khatun.
– Somente uma pessoa tinha conhecimento sobre o plano de Hap, ele trabalhava em um necrotério e o cientista o assassinou após um desentendimento.
– A mãe e o pai adotivo de Prairie Johnson acreditavam que ela era louca, por isso, quando pequena vivia entupida de remédios para controlar suas premonições, momentos esses que ela perdia cada vez mais sua saúde. Inclusive o psicólogo da FBI também tem indícios que ela estejam enlouquecendo.
– A tentativa de massacre da escola não foi avulso, pois durante a história é relatado essa possibilidade em alguns rádios.
– O acidente de Prairie Johnson quando pequena foi proporcional no contexto histórico, porque ela era filha de um burguês e a ideia era atingir seus filhos que estavam no ônibus.
– Desde criança a menina tinham premonições, em todas o seu nariz sangrava.
– Ela vivia de forma decadente antes de ser adotada e foi escolhida por ser cega, pois seus pais iriam adotar um bebê que também estava no mesmo lugar.

Se você lembra de algum momento importante e marcante que esquecemos de falar, deixe nos comentários, vamos agregar o máximo de informações para ajudar o próximo.

Comentários