Dicas de terror com Glau Kemp
01 ago

Dicas de terror com Glau Kemp

Coluna

Victor Tadeu

Terror é um gênero literário que está ligado à fantasia e/ou ficção especulativa, ele é desenvolvido para causar medo, assustar e até mesmo aterrorizar e leitor. Devido isso, o gênero consegue abranger diversos públicos e, além disso, também carrega um nível criado pelos consumidores de leve a pesado. Com isso, existem diversas histórias no meio literário que faz parte desse gênero literário e algumas puxam o lado do horror, e hoje uma convidada especial irá fazer cinco indicações para vocês.

Durante o mês de agosto estaremos convidando autores nacionais para participar do nosso projeto, na qual, ainda não tem nome — e provavelmente não terá. Essa projeto é quase um desafio, onde o autor tem que indicar cinco livros do gênero que escreve, porém não pode indicar obras de sua autoria. Por isso, eles devem pensar bem em assumir essa responsabilidade, pois provavelmente a equipe do Desencaixados vai escolher uma das indicações para ler e escrever uma resenha.

A estreante da coluna é a escritora Glau Kemp, do livro Quando o Mal Tem um Nome. Ela é colunista do Boca do Inferno, um site que aborda temas do mundo sombrio, ou seja, terror e ficção. Organizadora de 3 antologias, Arquivos do Mal e Quando o Universo Conspira (Editora Coerência) e CreepyPastas (Editora Lendari), ela tem um curriculum extenso e bem formado para comentar e indicar histórias de terror.

Por outro lado, a sua obra Quando o Mal Tem um Nome foi lançado em 2017 na Amazon chegando entrar no top 5 dos mais lidos do gênero. Passado nos anos 70 na cidade Aparecida, ele conta a história de Marta e sua filha Clara pagando seus pecados após descobrir o nome do demônio que atendeu suas preces. O livro recebeu uma crítica excelente dos leitores, mas nesse momento chegou a vez da autora indicar o seu top 5 de terror.

“Refleti muito para chegar no número de cinco livros para indicar aos leitores do Desencaixados e decide falar apenas de livros nacionais. Muitos colegas e até amigos escritores ficaram de fora dessa lista, pois felizmente nossa produção vem crescendo bastante em número e qualidade.”, disse Glau.

O Capeta-Caolho contra a Besta-Fera

Everaldo Rodrigues 

Esse livro vai entrar em praticamente todas as minhas listas de livros favoritos, porque além de ter uma qualidade de escrita que se sobressai ele é um livro com muita identidade e traz elementos e qualidades que vai além do gênero do terror. Everaldo Rodrigues escreveu cenas sólidas com sangue e tensão, mas também trouxe um pouco de humor e um cenário impecável repleto de personagens genuinamente brasileiros.

O Capeta-Caolho contra a Besta-Fera tem como cenário cidadela de Terezinha de Moxotó, no interior de Pernambuco, no período dos anos 30 e auge do cangaço. A cidade vem sofrendo com ataques brutais de um lobisomem e sem muitas alternativas o prefeito e Coronel Jesuíno de Cândida contrata um bando de cangaceiros liderados pela temida figura de Capeta-Caolho.

Parada Rápida

Jorge Alexandre Moreira

Essa é uma indicação perfeita para o leitor que gosta de uma leitura ágil como um novela de terror. Parada Rápida mantém um ritmo crescente e constante de mistério e vai se aprofundando nas histórias dos personagens que são muito bem construídos.

Parada Rápida é uma road trip, uma história que gira em torno de uma viagem e se passa em uma estrada, nesse caso a Rodovia Régis Bittencourt. E o livro começa com um casal parando em um posto de gasolina decrépito e em lugar bastante isolado. Ronald e Renata tem um pequeno desentendimento, porque a mulher não vê necessidade de parar ali, e quando Ronald volta do banheiro o carro alugado e a esposa desapareceram.

Cartas no Corredor da Morte: Projeto Parceiras no Crime

Claudia Lemes e Paula Febbe 

A junção da escrita dessas duas autoras é explosiva. São 77 páginas onde leitor se aprofunda, de maneira dolorosa, na complexidade de mentes criminosas. É uma leitura pesada, uma novela sobre vingança, dor e medo. Os personagens são extremamente realistas, você acredita que eles existem e como escritora esse é o tipo de trabalho que serve como inspiração. Me sinto orgulhosa de ter escritoras nacionais fazendo algo com nível tão elevado.

Cartas no Corredor da Morte: Projeto Parceiras no Crime uma narrativa epistolar onde a troca de correspondências ocorre entre dois presidiários, Johnny Love (Claudia Lemes) e Steve Gurniak (Paula Febbe), assassinos em série no corredor da morte. A cada carta o leitor se aprofunda nas personalidades bem diferentes e descobre mais sobre seus crimes e motivações. Atenção para o FINAL SURPREENDENTE!

O Escravo de Capela

Marcos DeBrito

Uma narrativa que reconta a lenda do Saci em um cenário assustador de horror extremamente real, entre o canavial, a senzala e a casa grande. Durante a leitura é nítido o nível de pesquisa sobre as origens do Saci e sobre a ambientação em uma fazenda açucareira do período colonial. Me tornei fã da escrita do Marcos nesse livro impecável.

O Escravo de Capela a trama se passa no final do século 18, auge da era colonial brasileira, em uma fazenda de cana-de-açúcar. A fazenda Capela é controlada pelas mãos sádicas da família Cunha Vasconcelos, e mantida pelo abominável regime de escravidão. É nesse cenário, que sem nenhum elemento fantástico ou sobrenatural já é de horror completo, que o autor recria a lenda do saci com maestria.

Twittando com o Vampiro

Aislan Coulter

No meu top cinco tivemos vários tipos de terror e para mim o terror sanguinário e bem gore é muito bem representado por esse livro. Tem que ter estômago para certas descrições do autor que é detalhista e bem visual em algumas cenas. Não é fácil misturar vampiros, um assassino da deep web e uma garota atormentada pelos próprios fantasmas, mas no final tudo isso se conecta.

Twittando com o Vampiro: três histórias vão se misturando lentamente e no início conhecemos esses três blocos com: Um famoso piloto de corridas conhecido como Vampiro e influente nas redes sociais. Uma garota esquizofrênica que teve um vídeo íntimo vazado na internet. E um assassino contratado na deep web para um serviço misterioso.

Comentários