5 livros para ler durante o Carnaval
01 mar

5 livros para ler durante o Carnaval

Coluna, Notícias

Victor Tadeu

O Carnaval está se aproximando e diversas pessoas estão relatando como ficar em casa será prioridade. Pensando fielmente em levar entretenimento para os leitores que pretendem permanecer dento de seus lares durante a festividade, hoje apresentaremos alguns excelentes livros para serem lidos durante a data.

Nesta coluna recomendaremos para vocês cinco (5) títulos que podem ser lidos durante o Carnaval, todos os livros foram pensados e repensados para uma experiência agradável e oportuna durante a festividade tão agitada e calorosa.

Carnaval é uma data repleta de novidades e explorações, por isso em cada indicação apresentaremos a história e o motivo da recomendação, claro sempre refletindo na essência interior, exterior ou técnica da comemoração.

É válido lembrar que alguns digitais influencers estão realizando eventos virtuais temáticos, inclusive a Thaís Cavalcante (Pronome Interrogativo) e a Melina Souza (Tea with Mel – Forever Autumn) organizarão uma maratona literária de Carnaval, um evento que reúne diversos leitores com o intuito de aproveitar a data para ler e interagir sobre as suas experiências.

Vocês podem utilizar nossas indicações para fazer a leitura durante esses eventos, são livros incríveis e bastante agradáveis. Sem delongas vamos aos títulos.

5 livros para ler durante o Carnaval

 

O Auge e a decadência do carnaval

Lantejoulas ao Vento – Zana Ferreira

Governador Valadares é uma cidade do leste de Minas Gerais, há alguns anos o município tinha um dos melhores Carnaval do estado, chegando reunir pessoas de outros estados. Porém a expansão dos blocos foi motivo de desistibilidade. A rivalidade, política e diversos outros motivos são fatores que colaboraram para decadência do Carnaval valadarense e em Lantejoulas ao Vento leitor acompanha essa trajetória curiosa e abrangente escrita por Zana Ferreira. Leia nossa resenha clicando aqui.

O Carnaval é um grande marco do Brasil, muitas pessoas esperam ansiosamente para esse momento de diversão que consegue mobilizar muitos foliões. Apesar de toda a diversão em Lantejoulas ao Vento a jornalista Zana Ferreira nos mostra como o Carnaval de 1950 foi impactante para o crescimento de uma cidade, além disso, demonstrando com imagens e relatos históricos como a data era comemorada; não tão diferente de hoje, mas com suas singularidades.

 

As princesas dos contos de fadas sempre representam

Contos de Quase Fadas – Luana Minéia e Édna Póss

A reimaginação de personagens presentes em contos de fadas estão cada vez mais presentes na literatura, diversos escritores estão fazendo uma releitura dos contos. Porém, em Contos de Quase Fadas as escritoras Luana Minéia e Édna Póss escreveram diversos contos apresentando o lado obscuro e realista — supostamente — das princesas, onde os reinos e magias estão longes de serem encantados. Leia nossa resenha clicando aqui.

Fantasia no Carnaval é quase um requisito, sempre no início do ano os foliões começam esquematizar os personagens que possivelmente representarão nos bloquinhos. Porém, é bastante comum e prático muitas pessoas utilizarem fantasias de princesas, por isso, Contos de Quase Fadas pode te remeter suavemente à data, porém de modo dark.

Existem duas coisas que não gosto: ressaca literária e cerveja quente!

Antes de Tudo Acabar – Mary C. Müller

Durante a adolescência muitas mudanças são realizadas e poucas pessoas conseguem lidar com elas, em Antes de Tudo Acabar acompanhamos a história de Rafael lidando com o bullying extremamente presente em sua classe e, além disso, com o afastamento da sua melhor amiga após começar a namorar. Sentindo-se totalmente sozinho — socialmente e familiarmente — Rafa precisa ser mais resistência que sua vontade de desistir. Leia nossa resenha clicando aqui.

O álcool está sempre presente no Carnaval, a intenção de muitas pessoas é ir para os bloquinhos e voltar carregado. Em Antes de Tudo Acabar a escritora Mary C. Müller nos apresenta uma mulher alcoólatra, demonstrando como a bebida pode ser prejudicial na sua vida em diversos quesitos. Essa indicação é mais como uma alerta, principalmente para quem gosta ultrapassar o limite da bebida alcoólica.

 

Ei, respeita xs manxs!

Um Milhão de Finais Felizes – Vitor Martins

Jonas é um adolescente que está descobrindo a sua sexualidade, infelizmente ele vive em uma família conservadora e extremista; seu pai bastante machista e sua mãe muito religiosa. Sendo obrigado levar um estilo de vida não desejado, o menino começa mudar e se descobrir aos poucos, encontrando a felicidade em lugares que nunca frequentou. Leia nossa resenha clicando aqui.

Infelizmente a intolerância ainda é presente em diversos blocos de Carnaval, e em Um Milhão de Finais Felizes o escritor Vitor Martins levanta algumas questões que precisam ser tratadas socialmente. Apesar de ser uma data festiva, muitos utilizam o Carnaval como forma de manifestação, por isso o título está sendo recomendado por nós, encare essa história empática e realista como um grito de resistência.

 

Cuidado! Ela tá sem limites!

Miga, Sua Louca! – Julianna Costa e Luiza Costa

As amigas estão sempre causando, por isso em Miga, Sua Louca! as escritoras Julianna Costa e Luiza Costa irão nos contar a história de Yara, uma adolescente buscando a sua identidade. Porém, a menina começa trilhar o caminho errado, trocando os sentimentos e se perdendo no meio de tantas descobertas e novidades, mas felizmente ela não estará sozinha, pois Alexia, a sua amiga, vai instruí-la através de cartas. Leia nossa resenha clicando aqui.

Se você tem uma amiga acelerada e bastante divertida, essa é uma opção incrível de leitura conjunta (até mesmo sem companhia), onde remete muito na amiga que vai para os bloquinhos e dá trabalho ao voltar para casa, chora quando lembra do ex-namorado e começa se declarar bêbada. Intenso como o carnaval, Miga, Sua Louca! escrito por Julianna Costa e Luiza Costa é um título engraçado e juvenil.

 

Comentários