Postado por: Victor Tadeu

Resgate tornou um sucesso desde o seu primeiro dia de lançamento no catálogo da Netflix, de fato as cenas impressionantes de ação com Chris Hemsworth no estrelato ganhou o público, mas nem somente de tiro, porrada e bomba o filme é formado. Existem cenas mais emocionantes que o personagem Tyler Rake está chorando e o ator revelou como conseguiu atuar durante esses momentos.

Durante uma transmissão ao vivo no canal da Netflix no Youtube, Chris começou responder dúvidas dos fãs e uma pessoa questionou quais técnicas ele utiliza para chorar naturalmente quando se trata de cenas dramáticas.

Cada ator explora questões pessoais para viver cenas com choro durante as gravações, e em Resgate o protagonista utilizou a saudade da sua família para viver intensamente os momentos..

“Sempre que há uma cena emocional, você precisa tentar encontrar uma maneira de se conectar a ela, ou algo em que possa se basear. Às vezes, pode estar completamente fora do campo da sua experiência, então você apenas tenta encontrar outra coisa que lhe cause dor ou emoção e se apega a isso. Eu estava gravando este filme por cerca de três meses e estava sentindo falta da minha família como um louco. Eu não via meus filhos há semanas e semanas. Naquele dia em particular [de filmar] eu certamente estava sentindo falta deles um pouco mais, e pude usar um pouco disso. Eu acho que, para mim, é deixar de lado esses momentos e apenas tentar permitir que ele surja organicamente e não forçá-lo demais. Você tem que estar disposto a correr um risco e nem sempre funciona, essa é a verdade. Você constrói seus instintos da melhor maneira possível.”, respondeu Chris Hemsworth.

As gravações duraram 3 meses e durante todos esses meses o ator estava longe dos seus familiares, consequentemente resultando em saudade.

Resgate tornou o filme mais assistido em seu lançamento dentro do catálogo da Netflix, realmente sendo um sucesso e atendendo ao pedido do público com uma sequência, na qual Joe Russo já está escrevendo para ser lançado o mais breve possível.

Você pode acessar nossa crítica do longa-metragem clicando aqui.

Assista ao trailer:

Desencaixados - 2020 | Alguns direitos reservados