Siga nossas redes sociais

Resenha

RESENHA: Canções de bruxas e rapsódias de fadas negras

Publicado

em

Nichos do mercado leterário são segmentos ou públicos específicos nos quais os gostos particulares se restringem a uma pequena parcela de leitores. Dentro dos gêneros, existem vários subgêneros que, em sua maioria, atende a um pequeno público, deixando em aberto o apelo ao público geral. Canções de Bruxas e Rapsódias de Fadas Negras (Cantigas da Escuridão) é a reunião de contos sombrios que atende os entusiastas do subgênero, mas não prende a atenção de um grupo mais generalizado de leitores.

O livro de Matheus Pontes é composto por uma série de contos macabros e excêntricos, diferentes de tudo que conhecemos. O tom sombrio das histórias é recheado por descrições grotescas e acontecimentos mórbidos que com certeza irá agradar todos os fãs do gênero. Apresentando tramas peculiares sobre bruxas e fadas negras, juntamente a todos os elementos que as compõe, a obra de Pontes é uma ótima adição a lista de Halloween.

O livro não chega a prender atenção dos leitores casuais, apresentando histórias e escrita que não são cativantes para os não entusiastas do subgênero. Canções de Bruxas e Rapsódias de Fadas Negras (Cantigas da Escuridão) possui um público muito específico, podendo limitar a quantidade de leitores que atinge. O livro não é para os que gostam apenas de histórias, é para os que gostam de histórias sobre bruxas e fadas apenas, o que não é algo ruim, necessariamente.

Os elementos do livro colaboram entre si muito bem, sendo a maneira em que os contos são posicionados na diagramação ou os poemas/cantigas que concretizam cada conto em uma lenda de terror. As ilustrações de Canções de Bruxas e Rapsódias de Fadas Negras (Cantigas da Escuridão) adicionam ao clima sombrio e excêntrico do livro, elevando a experiencia da leitura. 

Nichos de mercado podem ser essenciais para a criação de um projeto, porém nem toda limitação, ajudará uma obra encontrar novos territórios. Os contos macabros e excêntricos de Canções de Bruxas e Rapsódias de Fadas Negras (Cantigas da Escuridão) são um ótimo exmplo disso, se posicionando como o livro perfeito para um pequeno grupo de leitores.


Título: Canções de Bruxas e Rapsódias de Fadas Negras (Cantigas da Escuridão)
Autor: Matheus Pontes
Editora: Editora Coerência
Gênero: Terror, Contos
Número de páginas: 222

Sinopse: Em épocas e lugares distintos, pessoas mundanas lidam com seres aquém da compreensão humana. Inspirando mitos, contos, lendas e folclores de caráter nefasto, esses seres, embora por vezes hajam de forma meramente instintiva, como animais famintos, em maioria assumem uma natureza malévola e implacável, vendo o homem como nada além de um alvo para descarregar sua fúria.

Prepare-se para se surpreender com relatos de diferentes perspectivas, nos quais humano e criatura, ser vivo e o sobrenatural colidem. Entre canções e poemas declamados por bruxas e servas da noite, conhecimentos do oculto serão perpetuados.

Copyright © 2020 Desencaixados. Todos os direitos reservados.