RESENHA: O Ladrão de Raios
22 mar

RESENHA: O Ladrão de Raios

Resenhas

Victor Tadeu




Título: O Ladrão de Raios
Autor: Rick Riordan
Editora: Intrínseca
Gênero: Fantasia/Infantojuvenil
Número de páginas: 400
SKOOB l GOODREADS

Adquira aqui: Submarino l Amazon l Saraiva

Sinopse: Primeiro volume da saga Percy Jackson e os olimpianos, O ladrão de raios esteve entre os primeiros lugares na lista das séries mais vendidas do The New York Times. O autor conjuga lendas da mitologia grega com aventuras no século XXI. Nelas, os deuses do Olimpo continuam vivos, ainda se apaixonam por mortais e geram filhos metade deuses, metade humanos, como os heróis da Grécia antiga. Marcados pelo destino, eles dificilmente passam da adolescência. Poucos conseguem descobrir sua identidade.

O garoto-problema Percy Jackson é um deles. Tem experiências estranhas em que deuses e monstros mitológicos parecem saltar das páginas dos livros direto para a sua vida. Pior que isso: algumas dessas criaturas estão bastante irritadas. Um artefato precioso foi roubado do Monte Olimpo e Percy é o principal suspeito. Para restaurar a paz, ele e seus amigos – jovens heróis modernos – terão de fazer mais do que capturar o verdadeiro ladrão: precisam elucidar uma traição mais ameaçadora que a fúria dos deuses.

O Ladrão de Raios é o primeiro livro da série Percy Jackson e os Olimpianos, escrita por Rick Riordan e publicada pela Editora Intrínseca. No primeiro livro vamos conhecer um pouco sobre Percy Jackson um garotinho de apenas 12 anos e que pela sexta vez estava prestes a ser expulso do colégio interno, muitos acreditavam que o menino tinha algum tipo de problema e sempre colocavam isso em sua cabeça, mesmo ele tendo quase a certeza que tinha nada de errado. Pela primeira vez na vida Percy consegue fazer amizade com uma pessoa, o nome do seu novo amigo é Grover e a amizade fora feita no último colégio interno que eles estavam estudando.

Um excussão estava preste a ser realizada pelo colégio e Percy não estava muito animado, pois na maioria das vezes que fora expulso de colégios foram devidos alguns comportamentos durante excussões e ele não queria ser expulso novamente. Sendo obrigado a participar daquela atividade em classe fora do colégio ele não se sente confortável ao perceber que Nancy Bobofit estava implicando com seu amigo indefeso, o garotinho estava prestes a explodir e avançar em cima dela, mas não queria dá aquele gostinho de derrota e preferiu contar até 10 para ter controle da situação.

Durante a excussão Percy passou por uns maus bocados e tudo que ele queria era voltar à Academia Yancy — esse era o nome do colégio interno. Tudo estava indo bem até que Nancy volta a implicar com seu único amigo, Grover, e Percy perde o controle sendo repreendido por Sra. Dodds, professora que fazia de tudo para ferrar o pobre garotinho. Levando-o para dentro do museu que haviam feito a excussão ela o surpreende se transformando em uma criatura sobrenatural, na qual Percy Jackson ou se preferir Perseu Jackson não estava conseguindo raciocinar o que realmente estava acontecendo. Com o aparecimento repentino do seu professor Sr. Brunner ele consegue ser salvo, mas, ainda assim, se questiona com o que acabara de acontecer.

Juntando-se a Grover ele começa a questionar onde a sua professora estava, Grover e todos os outros diziam nunca ter visto a misteriosa Sr. Dodds e uma chuva de indagação começa a cair sob a cabeça de Percy Jackson. Voltando à Academia Yancy ele escuta uma conversa de Grover e Sr. Brunner e algumas coisas são esclarecidas, mas tudo começa a fazer sentindo quando o colégio interno entra de férias e todos retornam para casa. Percy Jackson não estava contente em retornar para casa, o fato de aturar seu padrasto Gabe Cheiroso — apelido dado ao seu padrasto — o incomodava, mas a única coisa o deixava feliz era rever sua mãe. Como na vida nem tudo é perfeito alguns eventos de deixar qualquer pessoa louca acontecem durante o retorno para a casa e o que Percy havia escutando na Academia Yancy estava começando a fazer sentido, ele não entendia porque Grover não saia de seu pé, mas aos poucos as coisas foram sidas esclarecidas.

“Durante o ano inteiro me meti em brigas para manter os valentões longe dele. Perdi o sono temendo que, sem mim, ele fosse apanha no ano que vem. E ali estava Grover agindo como se fosse ele a me defender. (página 32)”

Com eventos sem explicações aguçando seus pensamentos o pequeno garoto foge de Grover e consegue chegar em casa, ele acaba tendo uma surpresa quando sua mãe chega dizendo que iriam para a praia passar as férias, mas as coisas saem do controle novamente. Durante as poucas horas que eles chegam à praia tudo que havia sido escondido de Percy começa a se despencar e todas suas dúvidas começam a ser esclarecidas, além disso, Percy Jackson corre um grande perigo.

Como único meio de escape Grover aparece e sua mãe conta toda a verdade para o filho, eles partem para o Acampamento Meio-Sangue, mas durante o caminho Percy vê sua mãe transformar em pó e seu amigo Grover ter patas no lugar de pernas. Chegando ao Acampamento Meio-Sangue quase mortos Percy se depara com um lugar lindo e totalmente diferente de quase tudo que já viu, mas o que ele não sabia que muitas coisas ainda não tinham sido reveladas e que uma grande missão estava em suas mãos. Descobrindo ser um semi-deus filho de Poseidon, Percy Jackson visita o Óraculo e é revelado uma missão que para muitos era quase impossível, uma guerra estava prestes ocorrer no Olímpio e ele era o único a salvar todos. Percy parte para missão contando com ajuda de um sátiro e uma menina de cabelos loiros, Annabeth. O garotinho de 12 anos será capaz de salvar o Olímpio e evitar uma guerra devastadora? Será que tudo ouvido por Percy no Oráculo foi compreendido como deveria? Você só vai descobrir fazendo a leitura do livro e conhecendo a minha experiência com Percy Jackson e o Ladrão de Raios.

Acompanhada por mais quatro livros, a série Percy Jackson e os Olimpianos começa com um livro arrebatador. Esse primeiro contato com a história conhecemos um pouco mais sobre cada personagem e entendemos melhor sobre os deus e suas capacidades. Além disso, já é nos apresentado uma missão, ou seja, não é um livro de apenas apresentação, muito pelo contrário, é um livro com uma história totalmente instigante.

Confesso que meu primeiro contato com Percy Jackson foi assistindo ao filme, eu fiquei muito contente em ter assistido a adaptação cinematográfica baseada no livro, achei que o livro seria mil maravilhas e coloquei na cabeça que deveria fazer a leitura o mais rápido possível, mas não foi bem assim. Meu primeiro contato com a obra (livro) foi decepcionante, achei que iria ler uma história que já conhecia e que, além disso, saberia mais detalhes. E muito pelo contrário, a adaptação não tem quase nenhuma fidelidade ao livro, creio que não foi uma adaptação e sim uma inspiração cinematográfica, me parece que o diretor pegou os personagens, a tese da história e criou um roteiro diferente, mas que não fugisse tanto da trama. Fiquei muito chateada por ter encontrado uma história diferente e coloquei na cabeça que não iria gostar dos outros livros, mas acabei relendo a obra e advinha o que aconteceu? Eu estou completamente apaixonado pela série, já estou acabando de ler o segundo livro e estou louco para iniciar o terceiro. Acho que minha primeira leitura não foi prazerosa por não ter sido em um momento certo, mas também o fato de não ter costume de ler fantasia influenciou muito.

Pelo visto a resenha vai ficar um pouco grande, mas é porque estou escrevendo detalhadamente e tirando as dúvidas de alguns leitores que acompanham o blog. Como sei que algumas pessoas não gostam de resenhas longas irei expressar minha opinião daqui em diante e irei escrever uma matéria exclusiva sobre os três personagens que no meu ver são os principais, Percy Jackson, Grover e Annabeth, além disso vou aproveitar e escrever algumas curiosidades nessa matéria. Então em breve tem matéria exclusiva sobre a série.

Uma coisa que me deixou um pouco incomodado foi a forma que o autor decidiu a idade dos personagens. O único que participou do trio aventureiro e que já era “velho” era o sátiro Grover, Percy e Annabeth são crianças e achei muito pouco retrato isso. A forma que eles pensam dá a entender que são adultos ou jovens entrando na fase adulta, mas as únicas vezes que lembramos que eles são adolescentes bem novos é quando eles brigam por motivos banais, disputam quem é melhor que o outro e tomam atitudes infantis, mas durante a leitura é muito fácil esquecer que estamos acompanhando crianças em uma missão e não jovens adultos.

“Eu estava esperando há muito tempo por uma missão, Cabeça de Alga — disse ela.— Atena não é fã de Poseidon, mas se você vai salvar o mundo, sou a melhor pessoa para impedir que você estrague tudo. (página 155)”

Por outro lado a escrita de Rick Riordan é muito boa. Eu comecei ler o livro em uma tarde e quando chegou a noite desse mesmo dia eu já tinha lido 150 páginas, a leitura fluiu muito rápido e as aventuras e enrascadas que os personagens entram me deixaram muito curioso colaborando com uma leitura prazerosa. Além disso, o autor procura sempre nos passar informações que não temos, digo em relação as histórias dos deus, Acampamento Meio-Sangue e entre outros. São grandes pontos positivos que devemos levar em consideração.

Os personagens são bem construídos e não deixaram pontas soltas, ou melhor, deixaram mas são esclarecidas no segundo livro — já estou quase finalizando a leitura de O Mar de Monstros e posso te afirmar isso. Não aprofundarei nos personagens, pois irei falar sobre ele em uma matéria exclusiva, mas apesar dos pesares (falta de atenção na maturidade dos personagens) eles são personagens de nos arrancas risadas, suspiros e muitas vibrações de animação.

O cenário criado pelo autor foi bem elaborado, ele conseguiu lembrar de todos os seres da mitologia grega, além disso, lembrou de seres esquecidos nos livros de fantasias — digo pelos poucos que já fiz a leitura —, seres mitológicos bem interessantes e que dariam uma boa história. O Acampamento Meio-Sangue é muito bem retratado pela escrita do autor e isso enriquece muito na hora pensarmos como é o ambiente. Achei o cenário fantástico, outro ponto positivo que deve ser levado em consideração.

Talvez essa seja uma das maiores resenhas que já escrevi no blog e peço perdão para aqueles que não gostam, mas saiba que fiz de tudo para reduzi-la. Enfim, eu recomendo o livro para todos, todos mesmo, é um livro infantojuvenil com fantasia e não contém um vocabulário difícil, mas recomendo os jovens leitores lerem com calma, pois eles irão encontrar com algumas cenas um pouco complicada para absorver e isso pode ser um pouco complicado para eles. Depois de tudo que você leu volte a questionar, o garotinho de 12 anos será capaz de salvar o Olímpio e evitar uma guerra devastadora? Será que tudo ouvido por Percy no Oráculo foi compreendido como deveria? Saiba mais se aventurando em Percy Jackson e o Ladrão de Raios.

Comentários

  • Daniele Vieira

    Olá
    Eu ainda não li o livro, só vi o filme que beeeem fraco, que bom que o livro é tão diferente assim do filme, isso com certeza vai fazer com que a vontade de ler o livro volte, já que o filme esfriou mesmo minha vontade.

  • Ola
    Eu já fiz a leitura desse livro, e na época lembro que curti, apesar de não ser tão fã como esperava. Sua resenha ficou ótima e muito bem escrita, e concordo com as suas impressões, especialmente sobre os personagens serem muito bem construídos. As fotos complementaram muito bem seu post também, parabéns!
    Beijos, F

  • Crislane Barbosa

    Oi!
    Nunca li nenhum livro do Percy Jackson. Já assisti aos dois filmes lançados e até que gostei. Achei bem bacana mesmo, mas não tenho vontade de ler os livros. Acho que já passou da época para mim.
    Pela sua resenha o livro é bem diferente do filme!!!! Essa questão do Oráculo veio a aparecer apenas no segundo filme. Por que fizeram tão diferente?! :/
    Espero que você possa gostar dos outros livros. ^^
    Beijão!
    Blog La Garota
    Blog As Meninas Que Leem Livros

  • Caramba, que curioso.
    Nunca conheci ninguém que tivesse gostados dos filmes baseados nessa série.
    Na verdade, esse é um dos filmes que todo mundo lembra quando o assunto é “piores adaptações de livros!” Rs… O filme quase não tem nada a ver com os livros! Nem mesmo as características básicas dos personagens foi respeitada!! Rs…
    Eu li toda a série quando foi lançada e mais todos os livros do Rick Riordan que saíram por aqui e sou fã do Percy! Espero que tenha a chance de ler mais livros dessa série e que se apaixone!!
    beijos

    • Desencaixados

      É como eu disse, eu assisti aos filmes primeiro e depois li o primeiro livro. Agora lendo e vendo que não tem nada haver com os filmes (até mesmo as características básicas, como você citou), eu fiquei super decepcionado e entendo porque os fãs odiaram a adaptação! ♥

  • Aline Furtado

    Olá!
    Já assisti ao filme e gostei bastante. Tenho os livros aqui, mas confesso que tenho um certo receio de ler, por conta do que você disse que o filme foi apenas inspirado na obra. Acho que assim como você, eu me decepcionaria. Acho que agora não seria o momento de ler, mas agora ainda não.
    Beijos.

  • Beta Oliveira

    Eu não li a série do Percy Jackson até hoje, meu primeiro contato com o Rick Riordan foi a série do Magnus Chase. Gostei muito da escrita dele, das referências mitológicas e após terminar esta trilogia (ele ainda vai lançar o último livro), devo partir atrás dos outros. Como não vi os filmes, meu ponto de partida será o livro mesmo, o que deve evitar decepções! E espero gostar tanto quanto você! Abraços!

  • Ivi Campos

    Li este livro tem um tempão já e confesso que não gostei. recentemente meu filho leu e adorou muito e me pediu pra ler o restante da saga com ele, então, acho que voltarei a este universo em breve.
    Realmente, a adaptação cinematográfica é bem fraca e concordo com você em pensar que é apenas inspirada no livro.
    beijos

  • Rayanni Kellsin

    Olá, tudo bem?
    Amei a sua resenha, todos falam que o livro é muito diferente do filme, e infelizmente eu assisti antes de ler, e achei tão ruim, que desde então, não consigo pegar o livro para ler.
    Um beijo.

  • Thayenne Carter

    Olá,

    Os filmes “baseados” nessa série são um ano piada, não tem nada haver com a história. PJ é minha série infanto-juvenil favorita da vida <3 Adoro a escrita do Tio Rick e o modo como ele desenvolveu toda a história. Estou doida para reler essa série mais uma vez.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br

  • Oiee, tudo bem? Sua resenha ficou ótima!! Eu li esse livro há muito tempo atrás e gostei bastante da escrita do autor, da ambientação e claro, dos personagens, que são ótimos. Ei li os quatro primeiros da série, e até hoje não peguei no último, que está nas metas para esse ano. Espero não me decepcionar.

    Beijos!!

  • Owner

    A adaptação é conhecida por ser uma verdadeira uma decepção,eu confesso que tenho muita vontade de ler essa série,mas acho que tem muitos livros e eu acho qje não conseguiria acompanhar.

  • Jessica Christina

    Oi, tudo bom?
    Eu amo sagas, como Harry Potter, Hunger Games, Divergente, etc. Mas essa é uma que nunca me chamou nem um pouquinho de atenção! Talvez seja pelo filmes serem bem ruins, ou por não me agradar o tema… Mas a resenha ficou ótima!

  • Oi, tudo bem?
    Realmente, o livro valeu a pena para você. Todos os elementos que construíram o livro parece que foram bem desenvolvidos. Que bom que gostou. Eu não tenho muita vontade de ler esse livro, acabei nem gostando muito do filme. Acho que fantasias assim não me chamam muita atenção, mesmo gostando do gênero. Mas é uma ótima dica para quem curte.

  • Amanda Caldas

    Hey!

    Percy <3
    O livro é incrível (melhor que o filme, na minha opinião), adorei a resenha, só fez eu me apaixonar mais ainda pela história!

    Bjos <3

  • Kamila Villarreal

    Olá!

    Primeiro, parabéns pela resenha muito bem escrita e completa! O texto está bem esclarecedor, principalmente pra mim, que não curto fantasia, então não é o tipo de livro que leio e ainda assim seu post explicou bem o teor da trama. Uma pena que o filme não tenha sido fiel ao livro, mas quem sabe agora você consiga ler os demais, tendo uma opinião acerca só do livro – esquece o filme.

    • Desencaixados

      Olá, Kamila!

      Eu também não sou chegado em fantasia e acredita que acabei gostando? Te recomendo tentar fazer a leitura e obrigado pelos elogios! ♥

  • Ana Paula Lima Miranda

    Oi!

    Acho que o importante é mostrar com detalhes o que gostou na obra e você está fazendo isso muito bem.
    Mesmo não fazendo muita questão de conhecer a obra, eu fico feliz em ver todos os pontos positivos dá obra.
    Espero que continue gostando dá série.

    Beijinhos

  • Renata

    Oi Victor, como está?
    Meu namorado acabou de terminar de ler comigo o terceiro livro da saga do Percy Jackson e devo dizer, é MUITO melhor que os filmes que fizeram. Fiquei admirada que mudaram demais os personagens e fizeram aquela salada na adaptação. Se bem que eu até entendo que eles fizeram os protagonistas serem mais velhos, porque é realmente estranho ver dois pré-adolescentes se aventurando sozinhos país afora. Sobre o jeito que eles se expressam, que ao meu ver é mesmo meio complicado, eu até consigo dar crédito pelo fato de que eles são filhos de deuses e isso por si só faz eles carregarem um fardo bem maior do que uma criança deveria ser capaz.
    Abraços e beijos da Lady Trotsky…
    http://rillismo.blogspot.com

    • Desencaixados

      Olá, Renata!

      Eu estou quase terminando o terceiro livro e estou achando ótimo, os personagens cresceram e a maturidade também está mudando, isso é um grande ponto positivo. Em breve tem resenha e compartilho melhor com você minhas impressões! ♥

  • Suzzy L Chiu

    Heiii, tudo bem?
    Sou doida pra ler os livros da Rick Riordan! Muita gente ama e essa série do Percy Jackson ja vi que tem temas que amo como mitologias, vou pirar mto hahaha.
    Uma pena que o livro nao foi tao bom qto vc imaginou, eu tb vi o filme antes e a galera que é fã odiou o filme justamente por nao ter nada do livro nele.
    Ainda quero ler, por cuasa do tema, acho que vou gostar.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

  • Michele Lopez

    Olá,
    Olha, confesso que fiz uma grande burrada ao assistir ao filme antes de fazer a leitura. Isso porque simplesmente odiei a adaptação e fiquei completamente desanimada para fazer a leitura.
    Porém, sempre vejo resenhas bem positivas sobre as obras da série e estou tentando parar de fazer bico para os livros rsrs
    Adorei saber suas impressões e o fato de os personagens serem bem construídos já é algo que me anima um pouco.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

  • Oie!
    Acredita que só li o primeiro livro dessa série? Mas nem lembro tanto dos detalhes, preciso fazer a leitura novamente. Como tenho todos os livros da série, preciso fazer a leitura em sequencia e conhecer tudo o que acontece na história.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

  • Naylane Sartor

    Oie! Tudo bem?

    Sabe aqueles livros que todos amam, menos você? Pois é, essa sou eu em relação a Percy Jackson! Eu li esse livro, meio que empurrado goela abaixo, não achei nada de mais da leitura como todos falavam e para piorar a só fui realmente gostar da metade do livro para o final, ou seja nunca mais cheguei perto de qualquer livro do Rick, com certeza para quem gosta ele é um ótimo escritor, mas para mim infelizmente não funciona a história dele!

    Bjss

  • Catarina Barbosa

    Olá!
    Passei por situação quase que semelhante!
    Era ainda mais jovem e assisti ao filme de Percy Jackson, gostei muito, ainda mais porque tenho um interesse quase faminto por mitologia. Então ganhei O Mar de Monstros, o segundo volume e o devorei. Assim, logo depois comprei o box, voltei e fui ao primeiro, e, assim como você, notei as diferenças entre o livro e o filme, e sinceramente partilho da mesma opinião que você: o livro foi usado apenas como uma base para o filme, não foi nada fiel! (Isso me irritou um pouquinho, pq tento não assistir a filmes ou séries que não são fieis pq elas tendem a ficar na minha cabeça e a me fazer esquecer o que ocorre no livro.)
    Enfim, no entanto, eu já estava meio familiarizada, e simplesmente amei a leitura! Desde então Percy Jackson virou meu xodozinho, não pela mitologia que gosto muito, mas porque foram meus primeiros livros a me levarem para essa compulsão e prazer pela leitura.
    Quanto a Percy, fiquei momentaneamente chocada quando você me relembrou que ele só tem doze anos!! Eles realmente não agem e nem discutem com tal idade! Enfim, após quatro anos, preciso relê-los! Obrigada!
    (Aah, tem uma segunda coleção, além de muitos extras, recomendo-os, se você sentir uma vontade de “quero mais”).
    Beijos
    http://www.facesemlivros.com/

  • Camila Mondaini

    Olá tudo bem?
    Até hoje ainda não li os livros e nem assisti aos filmes, mas só ouço comentários bons a repeito de ambos. Adorei saber que os personagens são bem construídos e que a leitura é fluida e envolvente, pois adoro leituras assim. Vou procurar mais sobre os livros.

    beijinhos!

  • Aninha Goulart

    Oiii,

    Eu sou louca para ler os livros, mas ainda não o fiz sabe-se Deus porque kkkk, por incrivel que pareça eu assisti aos filmes e gostei deles, embora leia varios comentarios revoltados dos fãs da série, eu tenho muita vontade de ler os livros pra ter a certeza de que assim como os fãs eu também ficarei revoltada com o filme rs, mas ainda não tive coragem de comprar todos os livros.
    Adorei sua resenha, e fiquei com mais votnade ainda de ler.

    Beijinhos….
    http://www.paraisoliterario.com/

  • Marilena Drigo

    Olá! Apesar de ter grande repercussão confesso que não sou muito instiga em acompanhar essa série, principalmente por ter vários volumes e acho que não tenho paciência pra isso, rs. Porém, não desmereço a série, até porque a premissa é bastante interessante. De qualquer forma, foi ótimo conferir suas impressões a respeito dessa leitura. Beijo!

  • LITERABOOK

    Olá, tudo bem? Gente eu devo ser uma das poucas pessoas que não gostou tanto de Ladrão de Raios haha Li por agora Mar de Monstros e achei MIL vezes melhor. Assim como você, me interessei pelo história por causa do filme, e fiquei bem feliz em ver que a leitura é totalmente oposto do que temos na telinha. SIM o que mais me incomodou e me incomodou em muitos infantos-juvenis ou NA é a idade. Acho que são muitos novos, porém aqui o Rick soube colocar as atitudes do Percy condizente com a sua idade, na medida do possível claro. Ainda tem o pequeno problema que pra mim no início houve comparação bem explicita com HP, mas que agora superei. Também quero continuar a série e ver o que vem para frente. Espero muitas surpresas. Adorei a resenha!
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br/

  • Catharina Mattavelli

    Oie
    uau quanta observação importante e muitas criticas que eu não via reparado quando li, gostei, muito construtiva sua resenha. Faz tanto tempo que li a série mas gostaria de ler novamente pois as vezes bate uma saudade, nostalgia

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

  • Rebeca Rocha (Rebecartes)

    Amei a resenha, as fotos, o blog, TUDO! Parabéns! ♥

  • Erick

    Olá!
    Achei que só eu tinha achado algumas cenas complicadas…
    Mas além disso, gostei muito, e por mais que a sua resenha tenha ficado grande, o legal foi que você não deixou nenhum spoiler.

  • Vivianne Sophie

    Ola,

    Não conhecia a obra, mas gostei da premissa e sua resenha me deixou intrigada.

  • Priscila Alexandre

    Gostei bastante do primeiro livro dessa saga, li até o penultimo, para ser sincera. Depois perdi o tesão, huahuha!

    O primeiro livro é basicamente introdutorio: nos apresenta os personagens e a trama em si. O filme eu detestei, todos eles. Mudaram demais e isso me desanimou bastante. Não achei grover adulto… Ainda é um adolescente dos sátiros também, uma vez que nem seus chifres começaram a crescer para definir a saida da infancia para a idade adulta!

    Também gostei da escrita do Rick Riordan, achei bastante interessante!

    Abraços!
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com

  • Ludimila Silva

    Esse é um livro, no caso uma saga, que está Na minha lista a muito tempo, mas ainda não tive oportunidade de comprar pra ler!
    Mas assim que eu conseguir vou ler com certeza.