RESENHA: Mais Que Amigos
28 jun

RESENHA: Mais Que Amigos

Resenhas

Victor Tadeu

Título: Mais Que Amigos
Autora: Lauren Layne
Editora: Paralela
Gênero: Romance (+18)
Número de páginas: 224
SKOOB

Adquira aqui: Amazon

Sinopse: Será que vale a pena arriscar uma grande amizade em troca de um amor inesquecível?

Aos vinte e dois anos, a jovem Parker Blanton leva a vida que sempre sonhou. Tem um namorado inteligente e responsável, um emprego promissor e a companhia de seu melhor amigo, Ben Olsen, com quem divide um lindo apartamento.
Parker e Ben são tão grudados que muita gente duvida que eles morem sob o mesmo teto sem nunca ter vivido um caso, mas eles não se importam com o que as pessoas pensam. Sabem que não foram feitos um para o outro — pelo menos não para se envolver.
Por isso, quando um acontecimento inesperado faz com que Parker se veja sem namorado e com o coração partido, ela sabe que pode contar com Ben para ajudá-la a sacudir a poeira e partir para outra. Afinal, ninguém seria mais ideal do que seu melhor amigo para lhe mostrar os prazeres da vida de solteiro… certo?
Mais que amigos é uma comédia romântica irresistível!

Parker Blanton é uma mulher de 22 anos e vive na mesma casa que seu melhor amigo desde a faculdade chamado Ben Olsen, também com 22 anos. Ambos cursaram na mesma faculdade onde enfrentaram juntos várias barras e conviveram momentos incríveis, além disso, devido a grande amizade muitos questionavam sobre a relação entre eles, como se um relacionamento mais intenso e profundo já havia sido desenvolvido.

A dupla de amigos sempre respeitou um ao outro, por isso, após alguns anos depois de concluírem o curso decidiram morar juntos. Apesar de convirem na mesma residência, Parker namora há 5 anos com Lance, por outro lado, Ben é totalmente mulherengo e está transando com uma mulher diferente literalmente todos os dias. Para estabelecer um respeito de espaço, ambos criaram regras dentro de casa e elas estavam prestes a acabar.

Parker — chamada carinhosamente de Parks pelo Ben — estava algumas semanas sem relação sexual com seu namorado, por isso, decide usar o melhor lingerie para valorizar todos os outros dias perdidos. Porém, a mulher é extremamente chocada quando Lance resolve acabar com o relacionamento no mesmo instante em que vê-la no seu apartamento. Abalada e totalmente surpreendida Parker decide fazer algumas alterações em sua vida.

Buscando a ajuda do seu melhor amigo Ben Olsen, a mulher afirmar querer ler uma vida sexual sem compromisso. Sabendo que não é o melhor caminho a seguir, o amigo decide ajuda-la de uma forma diferente e mostra os prós e contras da vida seguida por ele. E é durante esse momento que os sentimentos de ambos começam tomar rumos diferentes, na qual, colocam a amizade de anos em risco.

“Qualquer que fosse a causa, as lágrimas sempre me abalavam um pouco, como um aperto no meu peito que eu não sabia aliviar. É o que acontece quando qualquer garota chora na minha frente. (página 34)” 

Mais Que Amigos, de Lauren Layne foi publicado pelo Grupo Companhia das Letras em maio de 2018 através do selo Paralela. O livro é uma comédia romântica, na qual, conta a história de Parker e Ben tentando controlar a amizade e os novos sentimentos que foram desenvolvidos. Continue fazendo a leitura dessa resenha, pois temos algumas coisas para comentar sobre a obra.

Romance é um gênero literário muito bem consumido dentro da literatura, os leitores não tem medo ao se arriscar em uma nova história sendo ela clichê ou totalmente inovada. Nessa obra iremos acompanhar um novo romance clichê de Lauren Layne na qual somos surpreendidos aos poucos. Apesar de a trama ser bastante conhecida em livros do gênero, ela não é previsível como muitas outras.

A amizade dos personagens é um grande elemento de Mais Que Amigos, já que, eles estão sempre respeitando e cuidando um do outro. Devido ao convívio diário brigas devido situação banais são ocorridas com frequência, porém esse é um dos elementos que mais influência no humor presente da história. Além disso, a amizade dos dois também é fluente no romance bem desenvolvido pela autora.

Apesar dos personagens serem um grande marco em histórias, recentemente estamos lutando para que em romances as mulheres não sejam submissas aos homens e apesar de Lauren Layne escrever uma história sem essa tese, ela criou Ben Olsen, um homem de 22 anos que vai fazer você se apaixonar por ele e, ao mesmo tempo, odiá-lo devido as suas menções  machistas sobre ele poder fazer algo e Parker não.

Lendo o livro dá a entender que ele quer o melhor para sua amiga, só que, não em determinadas circunstância lemos falas deles sobre serviços domésticos que consegue transmitir os típicos pensamentos de um adulto com mentalidade de adolescente. Acreditamos que essa cultura de Ben foi proposital da autora, justamente para causar um impacto real dos homens — desculpa a generalização — que hoje em dia só pensa em sexo, bebida e festas.

“— Química é como todo o resto da vida. Quanto mais você procura, mais difícil fica encontrar. (página 69)”

Falando em sexo, é claramente evidente que a história não deve ser consumida e/ou lida por um menor de idade. Dentro do livro deparamos com cenas levemente explícitas durante relações sexuais, por isso, leve o aviso na capa escrito “conteúdo adulto” à sério é um aviso totalmente importante e não deve ser ignorado. Aproveitando esse alerta, gostaria de recomendar vocês não darem uma folheada nas últimas páginas, pois vão se deparar com um grande spoiler.

Os personagens criados por Lauren Layne são bem comuns em clichês românticos, porém, cada um deles carrega a sua essência e compromisso dentro da história, sem se esquecer de que, eles vão amadurecendo gradativamente. Infelizmente acreditamos que ela poderia falar um pouco mais sobre os personagens secundários, como os parentes e amigos dos protagonistas, mas tudo indica que ela queria ser breve e leve em Mais Que Amigos.

A escrita da autora é muito engajada nas primeiras páginas, ela tem uma forma simples e com vocabulário atual capaz de engrenar a leitura com muita eficiência. Os capítulos são alternativos, ou seja, um com as perspectivas de Parker e o outro com a de Ben, e ela acertou de mão cheia ao escrever dessa forma, pois, diferente de muitos autores ela conseguiu estabelecer uma forma de escrita, capaz de ajudar o leitor não se perder.

Como de costume a Paralela não errou ao escolher os materiais utilizados na construção dessa obra, os papeis são de total qualidade e as fontes estão espetaculares para uma leitura prazerosa — somente as travessões foram substituídas por aspas —. A capa dota tonalidades incríveis, e eles foram corajosos ao apostar no rosa neon capaz de chamar muita atenção em uma livraria, sem falar que, toda a produção de capa faz referência à história.

Mais Que Amigos é um livro essencial para você fazer a leitura em uma tarde, em 224 páginas você vai conseguir se apaixonar e dá muitas risadas com Parker e Ben. Ele lembra bastante filmes que costumam passar na sessão da tarde, ou seja, é uma escolha ideal para ler algo leve e com muita qualidade. Não podemos esquecer que, essa também é uma escolhe excelente para presentear um amigo colorido. Então não perca tempo, adquira logo um exemplar e desfrute dessa história.

Comentários