RESENHA: Bom Dia, Verônica
26 fev

RESENHA: Bom Dia, Verônica

Resenhas

Victor Tadeu

Título: Bom Dia, Verônica
Autora: Andrea Killmore
Editora: DarkSide Books
Gênero: Thriller/Mistério/Suspense
Número de páginas: 256
SKOOB l GOODREADS

Adquira aqui: Submarino l Amazon l Lojas Americanas

Sinopse: Em “Bom dia, Verônica”, acompanhamos a secretária da polícia Verônica Torres, que, na mesma semana, presencia de forma chocante o suicídio de uma jovem e recebe uma ligação anônima de uma mulher desesperada clamando por sua vida. Com sua habilidade e sua determinação, ela vê a oportunidade que sempre quis para mostrar sua competência investigativa e decide mergulhar sozinha nos dois casos. No entanto, essas investigações teoricamente simples se tornam verdadeiros redemoinhos e colocam Verônica diante do lado mais sombrio do homem, em que um mundo perverso e irreal precisa ser confrontado.

Andrea Killmore compõe thrillers como os grandes mestres, e sua experiência de vida confere uma autenticidade que poucas vezes encontramos em suspenses policiais, vibrante e cruel — como a realidade.

Verônica Torres tem 38 anos, um marido e dois filhos. Ela trabalha como escrivã do delegado Wilson Carvana em São Paulo. Tudo parecia normal para a Verônica, até que um dia ela observa uma mulher saindo aos prantos e machucada da sala de Wilson Carvana e decide conversar com a pobre moça, mas em questão de minutos a ferida e desesperada mulher se joga do décimo primeiro andar do DHPP (Departamento de Homicídio e Proteção a Pessoa). Aquilo abalou muito a nossa protagonista, ela tentou questionar o seu patrão, mas ele sempre mandava ela engavetar o caso e com um pequeno descuido ela descobre o que realmente aconteceu e decide tomar posse do caso.

“Mulher é que nem índio, se pinta para a guerra que enfrenta todo dia. (página 32)”

Na mesma semana Verônica recebe uma ligação anônima de uma mulher totalmente fora de si. Aquilo incomodou a escrivã, pois tudo que ela ouviu foi realmente chocante e preocupante. Ainda com o desejo de buscar justiça, ela resolve assumir os dois casos sem o delegado saber, mas mal ela sabia no que estava se metendo.

Bom dia, Verônica foi um dos primeiros livros da DarkSide Books que eu não conseguia parar de ler. O livro é tão bom que levei advertência no curso de Inglês por está lendo durante a aula, até o momento eu não estou sabendo lidar com a história que a Andrea Killmore conseguiu nos apresentar. Bem no início do livro eu fiquei chocado pelo desenvolvimento dos primeiros capítulos, desde a última frase que a Marta Campos disse antes de morrer (mulher que se jogou do DHPP) até o motivo do suicídio, o caminho que a autora tomou foi maravilhosamente bem trabalhado, digo isso porque em nenhum momento eu tinha desconfiado, até chegar nas últimas frases do capítulo que ela nos conta o motivo de suicídio.

A personagem Verônica Torres é bem construída, eu já amei ela desde o início quando ela começa a contar sobre seus dias como escrivã. Ela não é uma personagem “totalmente heroína”, ela vai atrás dos casos, muitas das vezes consegue aquilo que queria, mas também falha em alguns momentos. Isso me agradou bastante, porque a história fica longe de uma “ficção” — creio que seja baseada em fatos reais, já já explico — e tudo é colaborado para que seja bem real.

Os casos que Verônica assumiu são realmente per tubadores, o primeiro caso é de um necrófilo que vive em sites de relacionamentos atrás de mulheres com determinado perfil, o outro caso é o de Janete. Janete vivia em uma cidade pequena, mas com o passar dos anos casou com um PM e mudou para São Paulo. A ligação anônima foi dela, ela dizia que o marido matava mulheres, mas não deu muitos detalhes e desligou a chamada. Os dois casos são complicados, mas Verônica tem o faro investigativo muito bom.

“O ser humano é podre e egoísta, prefere o problema que já conhece a enfrentar o desconhecido com honra. (página 191)”

A história criada pela Andrea Killmore é bastante detalhada e nem um pouco superficial. Eu fui conquistado pela autora desde a sua biografia até o desfecho do livro. A autora é um pseudônimo e nem a editora sabe a sua verdadeira identidade, tudo foi tratado por um advogado, mas as poucas informações que temos dela é bem arrasadora, pois eu consegui entender que ela já presenciou algumas situações do livro. O bom disso é que ela aprofundou em tudo que foi apresentado, os personagens têm aprofundamento, nenhum é descrito superficialmente, os assuntos que ela trata no livro — os casos que verônica assume — foram bem estudados, além disso, são assuntos que acontecem diariamente que não damos a importância que deveríamos. Enfim, Andrea Killmore é uma autora que merece muito reconhecimento, e além disso, sabe escrever sem deixar pontas soltas.

Antes eu nunca tinha lido nenhum livro desse gênero, mas depois que fiz a leitura do livro ele tornou o meu gênero literário favorito. Acho que a DarkSide fez muito bem para nós — fãs da editora — ao publicar esse livro e novamente dá uma oportunidade para uma autora nacional. A edição do livro está impecável, as ilustrações de algumas páginas colaboram muito com a leitura do livro, a diagramação está ótima, não encontrei nenhum erro na escrita. Uma coisa que posso te dizer para aumentar a sua vontade de fazer a leitura do livro é: a caixa furada na capa do livro envolve o caso de Janete.

O desfecho da história é um dos melhores que já li na minha vida, pois é muito imprevisível, eu nunca imaginei que a história acabaria tão impactante como acabou. Bom Dia, Verônica é um livro que consegue surpreender o leitor de diversas maneiras e isso deixa a leitura muito viciante, não digo só do meu caso, pois tenho amigos devoraram o livro em questão de um dia e meio. Ou seja, é um livro muito bom.

Fiz a leitura do livro em Janeiro, Bom dia, Verônica foi o segundo livro que fiz a leitura no ano e posso classificá-lo como o melhor de 2017 até o momento. Não tenho nada que reclamar dele — na verdade eu só fiquei incomodado com algumas atitudes meio “sem noção” da Verônica — e muito pelo contrário, eu recomendo a obra para aqueles que curtem uma boa investigação com muito toque de realidade, além disso, recomendo para aqueles que têm um certo preconceito literário com os nacionais. Talvez Bom Dia, Verônica seja o livro ideal para você acabar com preconceitos, conhecer uma história que tem críticas bastantes preocupantes, e além disso, se aventurar na sofrida e agitada vida de Verônica Torres, um exemplo que as mulheres não são incapazes como muitos pensam.

Comentários

  • Jessica Christina

    Oi, tudo bom?
    Caramba, já ouvi várias vezes pessoas falando desse livro, mas nunca soube do que exatamente era. Nem sabia que se passava aqui no Brasil! Adorei o mistério envolvendo toda a situação, quero muito ler em breve pra tirar minhas próprias conclusões!

  • Ana Paula Medeiros

    Já tinha visto esse livro em algum lugar, mas não lembrava da história.
    Adoro leituras de suspense e mistério com finais imprevisíveis. Fiquei mais empolgada ao saber que é literatura nacional. Vou anotar pra não esquecer rsrs :)

  • Fabiana Ricardo Lange Brandes

    Olá! A darkside sempre aposta em textos muito selecionados e arrasa nas capas…. nem precisei olhar muito pra saber que se tratava de um livro deles… bom, Veronica tem essa coisa de ser uma heroína mas falhar, como qualquer pessoa, então só por esse ponto ela já ganhou meu coração. Fico Pensando aqui se não seria uma boa adaptação para o cinema, já Pensou? Adoro um bom thriller e já anotei na minha lista! É E mais cuidado ao ler nos cursos de inglês.. … kkkk

    • Desencaixados

      Também já pensei em uma adaptação para o cinema, seria um roteiro maravilhoso para quem sabe escrever, mas tenho um grande medo de quem pegar para adaptar acabar estrando a história. Enfim, ele e Diário de uma Escrava dariam um bom filme!

  • noconfortodoslivros@gmail.com

    Olá!! :)

    Eu não conhecia este livro mas essa capa esta fenomenal!! :) ahah Gostei de ler a resenha e ela me deixou muito curioso, devo dizer!! Quero ler para ontem!

    Bem, eu acho otimo que tenha muita realidade e criticas nele, para alem acabar com preconceitos, mesmo com essas atitudes inconscientes da protagonista! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

  • Dessa

    Uau, sua resenha ficou incrível. E eu achando que tinha arrasado com a minha resenha, ai venho ler a sua.. hahaha Sério, parabéns pela crítica, você apontou bem a essência do livro. Bom dia, Verônica é aquele tipo de história difícil de ler, mas necessária, né?
    Eu também achei o final bastante imprevisível e fiquei surpresa demais. Abre uma oportunidade para uma continuação, será? Eu ia amar acompanhar mais casos dela.
    beijos
    http://www.apenasumvicio.com

    • Desencaixados

      Com a história de Andrea seria muito legal uma continuação ou outro livro com casos diferentes. Amei a escrita dela e a forma que ela consegue abordar temas de uma forma tão realista!

  • Luan Sampaio

    Oi, tudo bem?
    Esse livro está na minha lista de desejados faz um tempinho e gente, a Darkside arrasa muito, não é mesmo? Estou aqui encantado com suas fotos! Além disso a resenha ficou bem bacana! O enredo me interessou bastante e como você disse que adorou a escrita dela pelo fato de ser bem realista estou aqui louco para conhecer!

    Beijos,
    Lu – http://justificou.blogspot.com.br/

  • Oii
    Infelizmente eu não gostei tanto do livro. Vi vários probleminhas durante a trama e isso me incomodou.
    A Verônica também não me desceu, achei ela extremamente egoísta e ingenua demais em alguns momentos. Sei lá. Uma pena, queria ter gostado mais!

    Beijos
    Joi Cardoso
    estantediagonal.com.br

  • Luana De Martins

    Olá!
    Primeiramente, quem nunca levou advertência por ler durante a aula? hahaha não sabia que a Dark tinha publicado uma autora nacional, fiquei muito feliz com isso (mais amor ainda pela Dark <3). Adorei as suas colocações, fiquei bem curiosa pra ler. Obrigada pela dica!
    Beijos,

    Luana

  • Cia do Leitor

    Ai meu Deus, esse livro tem que vir para minha estante o quanto antes!
    Que resenha é essa menina! Quando a DarkSide anunciou esse livro eu simplesmente pirei, mas ler outras opniões me faz ver que estou perdendo uma obra fantástica que me fascina. Sem falar do capricho da editora que são sempre incriveis com suas publicações.
    Adorei demais suas impressões e PRECISO DESSE LIVRO LOGO! rsrs
    Abs
    Ni
    Cia doLeitor

  • Conheço o livro e quero muito ler. Acredito que esta característica da personagem Verônica de não ser totalmente perfeita tenha mesmo dado o tom certo de veracidade ao enredo, o que com certeza acaba deixando a leitura ainda mais tensa.
    Bjs

  • Daniela Souza

    Oi.
    Esse é mais um dos livros que estou desejando muito. Ainda não consegui comprar, estou torcendo para ganhar de presente, mas está difícil!! Estou louca para lê-lo, não posso esperar muito tempo, ainda mais depois de ler a sua resenha. Eu PRECISO desse livro pra ontem.

  • Catharina Mattavelli

    Olá
    muito legal sua resenha, eu sou bem suspeita pois adoro esse gênero e as edições da darkside, ainda não li nada da editora mas esse esta entre os meus desejados.

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

  • Brooke S.

    Sempre que ouço falarem sobre esse livro só vejo coisas boas e comentários positivos e isso me deixa com mais vontade de ler, mas a sua resenha me deixou com muita vontade de ler o livro nesse momento. O fato de você ter apresentado a história, falado sobre como a autora desenvolveu a trama e como é surpreendente até a ultima linha me fez ficar realmente querendo saber o que levou ao suicídio da menina, sobre o outro caso e o desfecho e no que ela está se enfiando. Amo casos e coisas envolvendo essa area criminal então tenho certeza que vou amar completamente! Espero conseguir ler em breve <3 Parabéns pela resenha!
    Um beijo
    http://www.brookebells.com

  • Barbara Mazzo Cabalero

    Oi.
    E já li algumas resenhas sobre esse livro e fiquei louca para ler. Comprei o livro, ele está aqui em casa aguardando. Não li ainda porque estou passando por muita pressão no momento e tenho dado preferência a livros mais leves, mas confesso que está cada vez mais difícil não correr para lê-lo.
    Eu gosto de muitos dos elementos que você citou e tenho especial interesse porque presto concursos para a Polícia Civil, vai ser muito foda saber sobre a rotina da personagem.
    E parabéns pela resenha, ela trouxe alguns detalhes que eu não vi em outra e que, com certeza, deixam as pessoas mais curiosas para ler o livro.

  • Bruna Costabeber

    Olá ♥
    Estou louca para ler esse livro desde o lançamento, mas ainda não surgiu a oportunidade.
    Gostei de conhecer suas impressões e fiquei extremamente feliz por não ser uma obra superficial, pois o tema, em minha opinião, exige algo mais explicado e trabalhado.
    É legal quando é nosso primeiro contato e já se torna o gênero favorito da vida.
    Dica anotadíssima.
    Beijos

  • Juliana Xavier

    Olha, se eu tivesse lido só a sua resenha, talvez optasse por ler a obra. Mas por muitas coisas que já li por aí concluí que não tenho estômago para essa leitura, principalmente por causa desses casos perturbadores (só de pensar num necrófilo e num serial killer policial meu estômago embrulha). O fato da história ser bastante detalhada só me deixa com mais receio. Não é pra mim, mas que bom que gostou.

  • Carolina Ramires

    Olá!
    Nossa, sua resenha ficou simplesmente maravilhosa! Não conhecia ainda esse livro, mas só por ser uma lançamento da Darkside já me chamou muito a atenção. Mas, apesar de a história parecer realmente muito boa, não acredito que nesse momento teria estômago para ler, apesar de estar bem curiosa com o desenrolar dos fatos. Mas com certeza é um livro deixarei na minha lista, para uma leitura futura.
    Beijos.

  • Tamara Padilha

    Oi, confesso que quanto mais vejo resenhas em relação a esse livro, mais fico com vontade de lê-lo, parece uma obra intrigante, e o fato de se passar aqui no brasil, e com casos aparentemente bastante reais, me deixa ainda mais curiosa. Gostei também de saber que a autora abusa dos detalhes, amo isso em livros.

  • Priscila Alexandre

    Nem precisa comentar sobre a Darkside, né? Capa intrigante e instigante, a dedicação da editora com os autores é maravilhosa.

    Um personagem humano é como você descreveu a Veronica: tem falhas. O mistério que ronda a autora acredito que seja também o que tornou o livro tão atrativo para alguns leitores.

    Li outras resenhas desse livro que não me animaram tanto a le-lo, mas depois de ler a sua, acho que mudei de opinião…

    Abraços!
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com

  • Taisa

    Oi!
    Antes de qualquer coisa preciso dizer que sua resenha ficou muuuuuuuuuuuuuito boa! É como se eu já estivesse lendo o livro!
    Já vi diversas recomendações sobre o livro e todas positivas, e a sua é uma das poucas que me deixou com bastante vontade de ler o livro. Até hoje li apenas 1 livro da DarkSide e digamos que minha experiência não foi tão surpreendente. O livro foi bom, mas sabe quando falta alguma coisa? Mas esse livro realmente parece não deixar a desejar.
    Bjs.

    http://www.salaliteraria.com.br