Filme inspirado em livro chega amanhã na Netflix
09 ago

Filme inspirado em livro chega amanhã na Netflix

Notícias

Victor Tadeu

A Netflix está sempre trabalhando de forma totalmente eficiente para rechear o seu catálogo com novos títulos, por isso, durante toda a semana conteúdos são adicionados para satisfazer os assinantes. Assim, o serviço de streaming anda liderando a empresa com melhor desenvolvimento no Brasil, mesmo com a existência de outras com excelentes títulos dentro do país.

Já saiu uma nota notificando que no momento a visão da Netflix é fazer um equilíbrio de títulos originalmente deles e de outras produtoras, pois, dessa forma eles conseguem gesticular melhor os lançamentos e está sempre atendendo o pedido do público. Caso você não saiba solicitar um título, clique aqui.

Amanhã (10) a empresa estará alimentando seu catálogo com uma média de 10 títulos, muitos deles Original Netflix, o selo confirmatório ser um conteúdo produzido e/ou distribuído pelo serviço de streaming. Dentro da lista um filme inspirado no livro Sociedade Literária e a Torta De Casca De Batata está sendo o destaque e muitos assinantes estão ansiosos para conferir toda a produção.

Sociedade Literaria e a Torta De Casca De Batata, de Annie Barrows e Mary Ann Shaffer publicado em 2009 pela Rocco, a mesma editora responsável por Harry Potter. O filme é um drama histórico que foi dirigido por Mike Newell e conta com a atuação de Lily James, Michiel Huisman e Matthew Goode. Às 4h ele já está disponível no catálogo Netflix para os assinantes.

Saiba mais sobre a história pela sinopse

O título conta a história de Juliet Ashton, uma escritora em busca de um tema para seu próximo livro. Ela acaba encontrando-o na carta de um desconhecido de Guernsey, Dawsey Adams, que entra em contato com a jornalista para fazer uma consulta bibliográfica. Começa aí uma intensa troca de cartas a partir da qual é possível identificar o gosto literário de cada um e o impacto transformador que a guerra teve na vida de todos. As correspondências despertam o interesse de Juliet sobre a distante localidade e narram o envolvimento dos moradores no clube de leituras – a Sociedade Literária e a Torta de Casca de Batata –, além de servirem de ponto de partida para o próximo livro da escritora britânica.

O clube, criado antes de existir de fato, foi formado de improviso, como um álibi para proteger seus membros dos alemães. O que nenhum dos integrantes da Sociedade imaginava era que os encontros pudessem aproximar os vizinhos, trazer consolo e esperança e, principalmente, auxiliar a manter, na medida do possível, a mente sã. As reflexões e as discussões a respeito das obras os livraram dos pensamentos sobre as dificuldades que enfrentavam e ainda serviram para aproximar pessoas de classes e interesses tão díspares, de pescador a frenólogo, de dona de casa a enfermeira.

Instigada pela força dos depoimentos, a jornalista decide visitar Guernsey, onde a convivência com as pessoas que conheceu por cartas e a descoberta sobre as experiências dos ilhéus lhe dão uma nova perspectiva. A viagem proporciona à escritora mais do que material para seu livro. Guernsey oferece a chance de recomeçar após a Guerra, fazer amizades sinceras e encontrar o amor – em suas diversas formas. O que ela encontra por lá, e as relações que trava, mudam sua vida para sempre.

A autora Mary Ann Shaffer não sobreviveu para assistir ao sucesso da sua estreia literária – ela morreu em fevereiro de 2008, aos 73 anos. A sociedade literária e a torta de casca de batata recupera um mundo que se perdeu entre os escombros da guerra, feito de camaradagem e solidariedade, delicadeza e simpatia. Nele, a guerra – e a morte – é vencida por um batalhão de personagens igualmente sensíveis e sedutores, que conduzem os leitores pelas mãos, através de um narrativa, humana e marcadamente feminina, até o fim.

Assista ao trailer

Comentários