Homem-Aranha: De Volta ao Lar
09 jul

Homem-Aranha: De Volta ao Lar

Filmes

Julia Giarola

Filme: Homem-Aranha: De Volta ao Lar
Título original: Spider-Man: Homecoming
Data de lançamento: 06 de julho de 2017
Duração: 2h 14min
Direção: Jon Watts
Gênero: Ação, Aventura
Nacionalidade: EUA

Sinopse: Depois de atuar ao lado dos Vingadores, chegou a hora do pequeno Peter Parker voltar para casa e para a sua vida, já não mais tão normal. Lutando diariamente contra pequenos crimes nas redondezas, ele pensa ter encontrado a missão de sua vida quando o terrível vilão Abutre surge amedrontando a cidade. O problema é que a tarefa não será tão fácil como ele imaginava.

Desde os primeiros filmes, a Marvel estabeleceu uma estrutura segura para desenvolver suas tramas, deixando uma espaço maior para o risco de interligar seus filmes em um só universo. Porém, mesmo depois de fixar uma enorme base de fãs, está estrutura ainda não foi modificada, encaixando bem o lema do estúdio na frase “não conserte o que não está quebrado”, deixando a maioria de suas produções em um ritmo repetitivo, mesmo apresentando qualidade. Homem-Aranha: De Volta ao Lar não seguiu esse esquema graças a seu roteiro sofisticado que ousa quebrar a fórmula Marvel, estabelecendo uma estrutura própria para a franquia e seu futuro.

O filme apoia sim uma em uma enorme quantidade dos projetos anteriores do universo cinematográfico, o que pode prejudicar um pouco a experiencia de fãs casuais que não estão completamente familiares com os outros personagens deste universo. Porém Homem-Aranha: De Volta ao Lar é a recompensa definitiva para aqueles que vem acompanhando a construção deste mundo, já que o filme usa e abusa de referências visuais sutis assim como pontos de tramas essências para alegrar o público que realmente conhece o universo Marvel.

O longa faz um ótimo trabalho estabelecendo bem todos os personagens para um possível desenvolvimento no futuro, investindo brilhantemente em uma franquia própria. Esta é uma característica única que irá auxiliar não apenas este filme, mas também as possíveis sequencias, fazendo com que o ambiente criado pareça natural ao explorar os personagens ao redor, que serão então familiares, em vez de adicioná-los no futuro sem nenhuma transição como, por exemplo os filmes anteriores do Homem-Aranha.

Este filme toma uma decisão ousada ao decidir explorar a vida escolar de Peter Parker, em vez de apenas adicioná-la como um plano de fundo. Desta maneira, o estilo escolhido em vez de parecer repetitivo, cria um novo sub-gênero que faz referências diretas aos clássicos dos anos 80, desd. Filmes como Curtindo a Vida Adoidado (1986) e a a trilogia de De Volta Para o Futuro (1985), com certeza são inspirações diretas para o ritmo do filme que flui incrivelmente bem.  O clima é agradável,  porém moderno, o que ajuda a estabelecer a homenagem, e não puramente a cópia.

Tom Holland lacra o papel dificultando ao máximo a vinda de qualquer outro possível ator para interpretar o herói. Ele com certeza é o Homem-Aranha definitivo. O ator consegue ser o Peter Parker dos quadrinhos e ainda se encaixar bem como o Homem-Aranha do mundo dos Vingadores. Suas interações com Tony Stark ajudam a estabelecer a maturidade do personagem, além de criar um vínculo importante para a complexidade de ambos heróis.

Robert Downey Jr. volta a chamar a atenção com sua atuação, nos fazendo perceber o quanto sentimos falta dos filmes solos do Homem de Ferro. Michael Keaton também trouxe algo novo para seu papel, adquirindo um novo status como um vilão muito bem desenvolvido, apesar de não ser extremamente icônico. Mas ele serve bem seu papel, fazendo um ótimo trabalho como antagonista, mas deixando o espaço necessário para todos os elementos importantes em um filme que pretende iniciar uma franquia. O restante do elenco é uma adição extremamente agradável ao filme.

O roteiro sofisticado deixa as situações acontecerem naturalmente durante todo o enredo, impedindo clichês ou até mesmos falas fora do lugar. Este também designa um selo de aprovação em áreas como a diversidade e a honestidade para todos os futuros blockbusters.  Homem-Aranha: De Volta ao Lar definitivamente estipula um novo nível de maturidade e originalidade a ser seguido pela Marvel.

Nossa nota é:

Assista ao trailer:

Leia também:

Comentários