CRÍTICA – The After Party
24 ago

CRÍTICA – The After Party

Filmes

Victor Tadeu

Título: The After Party
Título original: Puerto Ricans In Paris
Data de lançamento: 24 de agosto de 2018
Duração: 1h 22min
Direção: Ian Edelman
Gênero: Comédia Musical
Nacionalidade: EUA

Sinopse: Após viralizar pelos motivos errados, um rapper iniciante acha que é o fim de sua carreira. Mas quando a oportunidade surge de ir à uma festa com grandes estrelas do mercado musical, ele vê a chance de virar o jogo.

Owen e Jeffrey são amigos que sonham em encontrar a fama no meio musical, precisamente no hip hop, na qual Owen tem um dote aparentemente incrível em recitar seus versos. Lutando diariamente para se aproximar dos lendários, eles encontram uma oportunidade, porém falham pecavelmente quando o rapper dá o seu primeiro show e acaba vomitando em Wiz Khalifa, o que acaba tornando um meme e viraliza pela intenet, deixando seu sonho cada vez mais distante.

The After Party é um longa-metragem produzido e distribuído pela Netflix lançado dia 24 de agosto no catálogo. O título conta a história de uma dupla de amigos tentando ingressar no meio do rap e hip hop, porém inúmeros fatores conspiram ao contrário. No elenco aluns rappers estão presentes, como Wiz Khalifa, DJ Khaled, Desiigner e entre outros.

Ultimamente a Netflix estava acertando de mão cheia na produção de sues novos títulos, como foi o caso da adaptação de A Sociedade Literária e a Torta de Casca de Batata e Para Todos os Garotos Que Já Amei, porém não teve um desempenho tão grande com esse lançamento. O desenvolvimento da história ocorre sem um norte — é compreensível devido os desastres eventuais — e isso acabou acarretando em toda a produção, que apesar de não ser uma das melhores, também não foi uma da piores.

Durante as cenas iremos acompanhar Owen lidando com o bullying e razoavelmente com o cyberbullying devido ao vídeo viralizado quando vomitou em um dos rapper mais remunerados do mundo. Infelizmente essa “brincadeira” apesar de não ser inicialmente aparente acaba trazendo consequências de convívio, confiança e desconforto na área que deseja atuar. Em certos momentos o roteiro acaba demonstrando que esse elemento não foi para chocar os cinéfilos, mas com o desenvolvimento que o longa toma, fica um pouco evidente a mensagem que eles desejam passar.

The After Party falha de forma nítida em algumas cenas, principalmente as cômicas, na qual os protagonistas entram em alguma atrapalhada. É muito notório a ausência de preocupação visual quando alguns movimentos são desferidos, como brigas e a mudança repentina de Owen antes de passar mal com a maconha que havia tragado. Momentos delicados como esses poderiam ser melhor trabalhado, assim iria cobrir muitas ressalvas que o título carrega.

O roteiro desenvolvido por Ian Edelman, o diretor de Tudo Por Dinheiro, poderia ter um empenho melhor, já que ele utilizou elementos incríveis para desenvolver o humor do longa-metragem. Inclusive toda a comédia — muitas das vezes em momentos cômicos — têm seus altos e baixos, em certos momentos a produção acertou de forma espetacular com o humor fornecido, porém em outras cenas pecam miseravelmente, chegando até ser ofensivos.

O filme é remediado com cenas bem investida no neon, o que é um ponto muito forte, pois as luzes muitas das vezes são encantadores, mas, por outro lado, acaba não tendo a mesma nitidez, isso é variado de cena para cena. A trilha sora do filme poderia ser melhor investida, com a atuação dos rappers no elenco, acreditamos que os sons seriam mais constantes e empolgante, só que não é isso que encontramos e/ou ouvimos nas cenas do título.

The After Party é um filme muito limitado e que não carrega novidades, mas tem a capacidade de ser um excelente título para muitas pessoas, porém o mesmo acaba sendo instável para os mais exigentes. Balanceado com altos e baixos, o longa consegue ser uma opção razoável para uma sessão pipoca junto com os amigos, principalmente para quem entende o meio social dos rappers e conhece os cantores que estão atuando como protagonistas.

Nossa nota é:

Assista ao trailer

Comentários